Papa Francisco, Falso Profeta?

É difícil encontrar quem não goste do Papa Francisco. Ele é bonachão, gente boa, humilde, amigo dos pobres, não gosta de riquezas e opulências, não implica com os homossexuais e nem com os abortistas. Dizem até que ele vai andar de fusca, e como se pode ver na foto acima, gosta de coisas simples. Maravilha, não é mesmo?

E se eu lhe disser que o Papa Francisco veio para destruir a igreja católica e blasfemar contra Cristo, você acreditaria? É verdade, e é como católico que eu lhe digo isso.

Francisco é o representante da maçonaria infiltrada na igreja, que finalmente conseguiu eleger o seu papa. É duro dizer, mas o demônio chegou ao papado. Ele é a besta do Apocalipse 13-11 ”que se veste como um cordeiro (símbolo de Cristo), mas fala como um dragão” (blasfema contra Deus).

Você lembra o que Paulo VI disse? “A fumaça de satanás de infiltrou na igreja”. E agora chegou ao seu vértice.

João Paulo I foi assassinado com apenas trinta dias de pontificado, lembra? Tentaram matar João Paulo II logo no início de seu pontificado com um tiro à queima roupa, lembra? E Bento XVI, coitado, foi tão perseguido que acabou tendo que renunciar, como se fosse um incompetente. Escândalos e mais escândalos estouraram em seu pontificado. Até seus documentos pessoais foram roubados, para poder chantageá-lo.

E agora com Francisco não existem mais escândalos sexuais nem financeiros. A mídia, controlada pela maçonaria o está endeusando, fazendo dele um ídolo, um líder inovador, um mito. Reis, rainhas e governantes têm vindo beijar o seu anel, em reverência a “sua santidade”. Que mudança brusca, não é mesmo?

Mas o que deseja Francisco? É simples: a luta entre Deus e o diabo continua. Como o diabo sabe que nada pode contra Deus, passar um tempinho sentado na cadeira de Pedro já está bom, pois de lá ele pode “abrir a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu” (Apoc. 13-6).

Outra missão de Francisco é facilitar o surgimento do anticristo, pois ele trabalha segundo as ordens deste, pois está sob sua vigilância, como vemos em Apocalipse 13-12. Foi primeiro preciso “ferir o pastor” (Zacarias 13,7), ou seja tirar Bento XVI, para que as ovelhas fossem dispersas (os fies). A partir de agora haverá uma grande confusão e divisão dentro da igreja católica e no mundo todo, e no meio desta confusão surge o anticristo apoiado por Francisco, que aliás já declarou que o microchip (marca da besta) é benéfico para a humanidade, não existindo na Bíblia nada que impeça o seu uso (será que Francisco já leu o Apocalipse alguma vez?)

Outra missão suja de Francisco: promover o aborto e o homossexualismo no mundo. Estes dois pecados são abominações e dão poder à satanás. É por isso que tem dinheiro à vontade para promover parada gay no mundo todo e para praticar o aborto. No Brasil o próprio governo paga o médico para a mulher que queira abortar. Recentemente Francisco afirmou que os católicos são “obcecados” com o aborto e o homossexualismo. Sublimarmente ele disse: “esqueçam aborto e homossexualismo”. Aliás, quando esteve no Brasil Francisco não fez nada para evitar o aborto, cuja lei já estava pronta, e que agora foi assinada por Dilma.

Francisco está usando mensagens sublimares, para blasfemar contra a igreja, para ser mais claro, para avacalhar mesmo com ela.

Quando perguntado pela repórter o que achava do lobby gay dentro do vaticano, Francisco respondeu: “ser gay não tem problema”. E deu uma grande pausa. E depois continuou: “o problema é o lobby gay”.

A mensagem sublimarmente passada: o homossexualismo está liberado. Resultado: explosão do homossexualismo no mundo, tendo sido Francisco eleito o “homem do ano”, pela maior revista gay dos estados unidos. Eu já vi, na missa, vários casais gays se acariciando como se fosse a coisa mais normal do mundo. E ninguém pode falar nada, pois Francisco liberou, mesmo que sublimarmente.

Mas o pior de tudo é que Francisco está atentando contra o sacrifício de Cristo na Cruz. A blasfêmia maior de todas é a de negar o culto devido só a Deus para dá-lo às criaturas e ao próprio satanás.

Cristo derramou seu sangue na cruz para nos salvar. Foi para pagar o pecado de Adão e nos reconduzir ao Pai que Cristo se sacrificou por nós.

Agora, Francisco está anulando o sacrifício de Cristo. Recentemente ele disse: “não é preciso converter ninguém. Ajude o pobre e vá embora”.

Esta afirmação pode parecer bonita e caridosa, porém, ela elimina o sacrifício de Cristo.

Ajudar o pobre, o menor abandonado, o doente, a viúva desamparada e todos aqueles que precisam, é uma conseqüência do amor à Deus. Se amo à Deus, também amo ao meu próximo, e consequentemente o ajudo naquilo que ele precisa. Enquanto esteve na terra, Cristo ajudou intensamente os necessitados. Ajudar ao próximo é uma excelente atitude, que vai ajudar no nosso julgamento diante do Pai, pois “seremos julgados pelas nossas obras” (Rom 2-6).

Mas veja bem, o que salva não é a caridade. Jesus quando enviou os doze apóstolos disse: “Ide ao mundo e pregai o evangelho à toda criatura da terra. Aquele que crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16-16).

Cuidado, você pode passar a vida toda fazendo caridade e ir para o inferno.

E é isso que o papa Francisco quer, lhe levar para o inferno. Ele quer tirar Cristo do centro e colocar os pobres, mas pobre não salva ninguém, quem salva é Cristo.

Outra armação pesada de Francisco: “todas as religiões levam a Deus”. Parece bonito não é mesmo? Assim sendo, você pode ir na macumba, que lá você irá encontrar a Deus também.

Mas pense nisto: só Cristo morreu na cruz, logo, o caminho para o céu, é somente através dele. Você já viu algum Buda crucificado? Maomé foi pra cruz? E Alan Kardec, passou por lá? Veja o que disse o próprio Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida;ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14,6).

Repetindo o que disse Jesus:” Ninguém vem ao pai senão por mim”.

Cuidado: quando Francisco anunciar a criação da igreja ecumênica mundial, unindo todas as religiões, não caia na lábia dele. O que ele quer é lhe afastar de Cristo e levá-lo à Satanás.

Aqui novamente Francisco está querendo lhe levar para o inferno. Siga um caminho diferente ao de Cristo e você vai ver onde vai parar.

Aliás, recentemente Francisco disse que o inferno não existe mais. O que ele quer, é que você não creia mais na existência do inferno, para lhe mandar para lá.

“Roma perderá a fé, e converter-se-á na sede do anticristo". Sabe quem disse isto? Parece coisa de fanático, não é mesmo? Mas esta afirmação é de Maria, mãe de Jesus e nossa, em La salette, França em 1846, aparição reconhecida pela igreja. Veja a mensagem completa (http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/366/Os-Segredos-de-La-Salette), você vai se surpreender.

Na verdade, a partir de La Salette, Maria antecipou o que iria acontecer no mundo. Em Fátima, Portugal, em 1917, Maria disse que o demônio se infiltraria até o vértice na igreja, além de ter previsto o fim da primeira guerra, a expansão do comunismo e o início da segunda guerra. Acredita-se que o fato do demônio ter chegado ao papado, faça parte do terceiro segredo de Fátima, que na verdade não foi divulgado.

Em Akita, Japão em 1973 Nossa Senhora disse: "O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos. Serão desprezados os padres que me veneram e terão opositores em todos os lugares. Haverá vandalismo nas Igrejas e altares. A Igreja estará cercada de asseclas do demônio que conduzirá muitos padres a lhe consagrar a alma e abandonar o serviço do Senhor".

Eu já vi dois padres, em uma emissora católica, em rede nacional, incentivar o casamento civil gay, e ainda citam as encíclicas do papa Francisco para justificar tal abominação. O que os padres não dizem, é que os afeminados vão para o inferno, pois “não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor 6, 9-10), e também Apoc 21.8: Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte. Se você ler as mensagens marianas como La Salette, Akita, Fátima, Lourdes e outras, vai se surpreender com o que Maria tem dito. O problema é que Deus e sua mãe foram esquecidos por esta geração.

Assim sendo, o aviso foi dado. Muita coisa ainda vai acontecer daqui para frente. Fique atento pois Cristo realmente está voltando para instalar seu definitivo reino de amor. Não fique de fora.

Movimento de Resistência Católica Viva Bento XVI

Obs: Leia as postagens anteriores clicando em "Postagens Mais Antigas", no final do Blog ou "LEIA ARTIGOS ANTERIORES" e escolha o mês, abaixo.

sexta-feira, 30 de março de 2018

Papa Francisco: “Não existe um inferno, existe o desaparecimento das almas pecadoras que não se arrependem”


Não é a primeira vez que Eugenio Scalfari, ateu e comunista, fundador do jornal italiano La Repubblica,  causa confusão em reportagens sobre suas conversas privadas com o Papa Francisco.
Fica cada vez mais difícil sustentar a ideia de que os diálogos secretos de Scalfari com Bergoglio sejam distorcidos, ao serem publicados. Por que, afinal de contas, o Papa argentino mantém esses diálogos que parecem ser tão inconvenientes? Se Scalfari vive distorcendo as suas palavras, por que continuar recebendo-o?
Agora, chegamos à declaração de uma verdadeira heresia. Vamos às palavras de Francisco:
Scalfari: Santidade, no nosso encontro anterior, o Sr. me disse que a nossa espécie, num certo momento, vai desaparecer, e Deus, sempre através da sua semente criativa, criará outras espécies. O Sr. nunca me falou sobre as almas que morreram em pecado e vão para o inferno para pagá-lo eternamente. O Sr. me falou, ao contrário, de almas boas e admitidas à contemplação de Deus. Mas e as almas más? Onde são punidas?
Papa Francisco: “Não são punidas, aquelas que se arrependem obtêm o perdão de Deus e vão entre as fileiras daquelas almas que o contemplam, mas aqueles que não se arrependem e não podem, então, ser perdoados, desaparecem. Não existe um inferno, existe o desaparecimento das almas pecadoras”.
Como esta opinião está em total contradição com o Evangelho e com a Sagrada Tradição, em suma, com a Revelação Divina e com a doutrina unânime da Igreja Católica, Papa Francisco teria se colocado numa posição bastante delicada. Por isso, logo em seguida, a Sala de Imprensa do Vaticano se apressou em emitir o seguinte comunicado:
“O Santo Padre Francisco recebeu recentemente o fundador do diário La Repubblica em um encontro privado, por ocasião da Páscoa, sem, porém, deixar-lhe nenhuma entrevista. Tudo que foi referido pelo autor no artigo de hoje é fruto da sua reconstrução, em que não são citadas as palavras textuais pronunciadas pelo Papa. Nada entre aspas do suscitado artigo deve ser considerado, portanto, como uma fiel transcrição das palavras do Santo Padre”.
Um desmentido que não desmente nada! Confirma o encontro, dizendo apenas que aquelas palavras não são textuais.
Totalmente insuficiente, diante da gravidade das palavras! Será que nós temos um Papa que não acredita na existência do inferno e, ao contrário, professa a fé na aniquilação das almas dos pecadores? Será que temos um “Papa Herege”?
Seria, realmente, o caso de Francisco se pronunciar claramente a respeito e reafirmar a fé da Igreja. A não ser que… tudo isso esteja preparado para ter exatamente este efeito: encaminhar a Igreja inteira para a direção da heresia, evitando cuidadosamente que isto lhe seja imputado.
Fato é que Francisco já brincou demais com a doutrina católica. Leviano e teologicamente despreparado, vive jogando com palavras e ensinando besteiras doutrinais. Uma hora dessas ele cai em heresia explícita, irrefutável, pública, notória, pertinaz. E, então, os católicos ficarão calados, anestesiados? Os bispos ortodoxos permanecerão em silêncio complacente?
A situação se torna cada dia menos contornável e não se vislumbra nenhuma atitude eficaz por parte daqueles que deveriam tomar a peito a tarefa de defender a fé, a saber, os bispos católicos. Cabe aos fieis, neste estado de confusão generalizada, conservar bravamente a fé e explicar a todas as pessoas que puderem o estado caótico em que se encontra a Igreja. Nada de revoluções nem de rebeliões. Precisamos apenas permanecer firmes e acordar aqueles que estão dormindo.
++++++++++
Outra fonte >
Francisco nega a existência do inferno
A Oficina de Imprensa do Vaticano admitiu em 29 de março que o "santo padre Francisco" recebeu novamente ao mau periodista Eugênio Scalfari.
Depois do encontro, Scalfari escreveu em seu diário anticatólico "La República"  que Francisco negou a existência do Inferno.
A Oficina de Imprensa não discute que Scalfari informou a declaração de Francisco de uma forma materialmente correta, porém distraem o público ao dizer que, "possivelmente Scalfari não utilizou a expressão exata".
No passado, Scalfari já produziu estes artigos depois de haver falado com Francisco, em setembro de 2013, julho de 2014, março de 2015, novembro de 2015 e julho de 2017. Em todas as cinco entrevistas o Vaticano se obrigou a fazer desmentidos.
Porém estas negações não podem ser tomadas a sério, quando Francisco continua recebendo Scalfari, para alimenta-lo com material para seus novos artigos.
Isso é porque, para além de qualquer dúvida razoável,. Francisco utiliza as suas declarações incendiárias dadas a Scalfari, exatamente para criar confusão entre os fiéis mais sensíveis a fim de produzir conflitos e divisões na Igreja.
*****************
"Não existe o inferno", disse o papa Francisco ao seu amigo ateu, o periodista anticatólico Eugênio Scalfari, segundo La República, em 28 de março.
Francisco disse que as almas que são más "não são castigadas" e sim que, "as que se arrependem obtêm o perdão de Deus e vão fazer parte das (almas) que O contemplam, porém as que não se arrependem e não pedem perdão, estas não podem ser perdoadas e desaparecem. Não existe o inferno: existe o desaparecimento das almas pecadoras".
A teoria de Francisco coincide com os ensinamentos das Testemunhas de Jehová.
Porém, a Igreja confessa com Jesus Cristo que as almas malvadas se condenarão a "um fogo eterno" e "inextinguível", "onde haverá choro e ranger de dentes".
Segundo catecismo da Igreja Católica, o "o ensinamento da Igreja afirma a existência do inferno e sua eternidade".
en.news
++++++++++++++
OBS > Esta não é a primeira vez em que ele nega a existência do inferno, porque já fez isso mais vezes, afirmando que “não existe um inferno literal”, “porque ele é incompatível com o amor de Deus, que não castiga a ninguém para sempre”.
Então quando ele pretende pregar uma heresia grave, usa deste artifício maligno: acolhe este ateu confesso e convicto, lhe passa as suas heréticas proposições, exatamente para que causem polêmica. E se tornam então ridículos os comentários contrários feitos pela Sala de Imprensa do Vaticano, porque a “emenda fica pior que o soneto”. Então por que a imprensa vaticana não publica exatamente o que ele disse, desmentindo e acusando Scalfari?
De fato, se Gog acolhesse um jornalista que mentisse a seu respeito, ou distorcesse as suas colocações, ele não o receberia novamente, e tornaria público sua condenação. Então se ele a cada poucos meses o convoca novamente é sinal de que aprova tudo o que Scalfari publicou. Triste é que os papólatras acabam aceitando as desculpas esfarrapadas da imprensa vaticana. Tempos da mentira, tempos de engano, tempos de lobos vestidos de cordeiro.
O INFERNO EXISTE SIM, conforme as Sagradas Escrituras e ele é terrível.  Jesus mesmo nos avisa disso, e a parábola de Epulão e Lázaro confirma com luminar clareza. E se não existisse Inferno, não existiriam também demônios, entretanto, segundo estudiosos, Jesus se refere a eles em pelo menos 19 passagens da Escritura. Negar isso publicamente é tonar-se um herege, um cismático – como Francis realmente é – é tornar-se excomungado da Igreja, e então não pode ser papa, deve ser posto na rua. Os cardeais TODOS, têm por OBRIGAÇÃO, verificar isso e tomar uma atitude condenatória, diretamente contra ele, se de público confirmar este desatino.
De fato, esta negação dele não somente ataca frontalmente a Jesus e a Verdade, como cospe no Catecismo da Igreja e em sua Sã Doutrina bimilenar, para escândalo dos católicos que ainda prezam o seu nome, e desgraça daqueles maus católicos que o paparicam e seguem. Mas o começo da ruína dele está chegando porque em sua pressa em cumprir as ordens do inimigo a quem serve, acaba tendo que abrir o jogo diante da multidão, que finalmente, pelo menos em parte, perceberá o lobo que ele é. Os profetas atuais avisam isso, e todos aguardam e prenunciam para breve um grave “escorregão” dele, que acabará por denunciá-lo. E se eu tivesse que chutar, diria que se dará em torno da Eucaristia.
Então é preciso que todos os católicos de bom senso, procurem bem informar-se sobre o que está acontecendo, não somente no Vaticano, mas também na Igreja do Brasil, para não se acharem no meio do bando dos rebeldes, dos demolidores, que servem ao comunismo e não mais a Jesus Cristo. Para que todos se preparem para o grande baque, o encontro de Francis contra a Rocha de Pedro, porque o apóstolo bem avisa em sua carta: quem se bater contra ela será despedaçado! (Aarão)


6 comentários:

  1. De João XXIII à Bento XVI eu tenho lá minhas dúvidas por causa do maldito Concílio Vaticano II modernista e protestantizante.

    Mas de Francisco I eu não tenho. É um herege público, um falso profeta usurpador...



    (Seria o ele o sétimo rei, a "Besta semelhante ao Cordeiro mas com voz de Dragão?" Seria ele aquele "sétimo rei" que vai à perdição em Babilônia no fim dos tempos? Será ele o Papa tão almejado pela Maçonaria? Seria ele a Maçonaria Eclesiástica que usurpa o Trono de São Pedro? Será ele que tirará o sacrifício cotidiano e instalará a abominação no lugar santo? O Sacrifício Eucarístico será substituido pela ceia protestante?)

    ResponderExcluir
  2. A NEGAÇÃO DO INFERNO DE FORMA IMPLÍCITA VEM DE MAIS TEMPOS...
    A negação do inferno estaria aqui, assim como o heresiarca e excomungado Lutero salvo, pois: "Ninguém poderá ser condenado para sempre porque esta não é a lógica do Evangelho", A laetitia 296, desfazendo das palavras de N Senhor Jesus Cristo, do Juízo Final, da condenação dos maus, separando-os dos bons, seria o "non nova sed nove" ao inverso, referente a essa que seria inovação doutrinaria!
    Outra: a suposta sintonia existente entre o papa Francisco e o material-ateísta Scalfari é estranha por lógica, ao contrario, comungariam em algumas ou em muitas ideias. Pareceria que seu confidente, apesar da idade, seria lúcido de invejar a muitos jovens, havendo pontos de vista compartilhados entre si; como entender qualquer cristão católico de fé sintonizado com um mundanista, e esse, arauto e disseminador do reino do anticristo?
    “Na boca deles não há palavra sincera, suas mentes tramam continuamente o mal. Suas gargantas são como um túmulo aberto, e com suas línguas seduzem e enganam”. Sal 5,10., passagem essa que poderíamos sem dúvidas atribuir a Scalfari, assim como a tantos mais também Judas Iscariotes dentro da Igreja que mais se pareceriam infiltrados da judaico-maçonaria, por sinal, truculentos, impostores e não lhes existindo dura oposição, impõem-se com facilidade, como os da TL.
    Basta recordar os vínculos existentes entre a direção da CNBB e as hordas diabólicas da TL associada ao marxista e demoníaco PT – os bons bispos, como se sugere, não interfeririam publicamente nessa suposta amizade e não desavenças, as quais deveriam transparecer nesse cenario – e, como provas irrefutaveis, essa instituição nunca ser atacada pelos vermelhos em geral e pelo PT, o que sugeriria até conluio – se não lhe era parceira… – também não haveria nenhuma oposição às suas nefastas atividades de querer implantar com esmero a religião politicamente correta, a da ONU-NOM.
    “Suas gargantas são como um túmulo aberto; usam suas línguas para ludibriar, enquanto, debaixo dos seus lábios está o veneno da serpente”. Rm 3 ,13.
    Por outro lado, se o papa Francisco estreita laços com varios terroristas de esquerda, não poucos, diferença alguma faz de seres humanos como a Scalfari, ao fundo, são os mesmos, atuando em fronts diferentes nos similares objetivos acima, podendo citar J Pedro Stédile, Juán Grabois, Evo Morales, Maduro, Kirchner etc., promotores e gerenciadores dos anarquistas “movimentos sociais” que, à realidade, são milicianos marxistas e a tantos outros mais similares, ainda vigiria o ditado: “dize-me com quem andas, dir-te-eis quem és”…
    Quanto à questão de inexistencia do inferno, ter-se-ia impressão de o papa Francisco adotar essa estrategia de se expressar via terceiros em certas oportunidades que o poderiam comprometer, nunca assumiria de frente, método de esquerdistas, de sempre usarem o esquema, como via Scalfari, o que não nos assusta. Assim, já teria dito que todos haverão de se salvar, embora nesse artigo nesse contradiria que as almas dos maus serão destruídas – confiram eventuais contradições mais que haveriam nesse item: "A destruição das almas será dessa maneira, não as extinguindo: "Eles sofrerão a pena de destruição eterna, a separação permanente da presença do Senhor e da majestade do seu poder". 2 Ts 1,9.
    Recordemos o que poderia repercutir no acima, como: *”E vem à minha mente dizer algo que pode ser tolo ou talvez uma heresia, eu não sei”, inverso de “soar” como uma heresia, que teria sido o mitigado pelo site do Vaticano, mas que talvez “seja” uma heresia! A franqueza desta admissão que abrangeriria em tantos mais assuntos teológicos nos constrangeria, embora haveriam outras, mais ou menos contundentes e inexplicáveis do porquê, como o heresiarca “Lutero, testemunho do Evangelho”…
    https://novusordowatch.org/2015/05/spanish-original-heresy

    ResponderExcluir
  3. Thiago

    A grande arma dos heresiarcas é a IGNORÂNCIA dos incautos.

    Foi muito difícil para mim, retornar à fé católica. Passagens obscuras da Bíblia somadas ao "livre exame" me impediam de voltar pois a confusão mental só aumentava. Mas bons livros católicos elucidaram todas minhas dúvidas.

    ResponderExcluir
  4. "Luz nas Trevas Protestantes" Padre Julio Maria

    "Las Grandes Herejias" - Hillaire Belloc

    "Catecismo de Pio X"

    "Os 33 Erros Multifacetados do Protestantismo" - ? audio livro

    "Em defesa da Fé" Frei Damião

    ResponderExcluir
  5. "Vamos fazer esse texto chegar no Papa Francisco".

    Padre Gustavo Ribeiro da Silva, foi da Paróquia Nossa Senhora da Apresentação Irajá - RJ está sendo investigado pela CÚRIA.
    Por assediar mulheres ( fieis) e manter relações sexuais com algumas.
    Caso alguém já sofreu algum tipo de abulso por ele em qualquer Paróquia (não importa quanto tempo tem) ligue 2292-3132 pedir para transferir para a CÚRIA ramal 461 ou mandar e-mail para curia@arquidiocese.org.br aos cuidados do Dom Luiz Herique relatando o ocorrido.

    Juntos contra esses tipos de Padres.

    A ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO ESTÁ DE PARABÉNS!

    Ele está suspenso da ordem desde Jan/2017.

    É obrigação nossa como fiel dar oportunidade ao próximo de saber oque acontece dentro da Igreja.

    Sabemos que padre como esse é uma minoria, que existem milhares deles dedicado ao seu chamado.

    Também sou a favor nos dias de hoje, que a ARQUIDIOCESE divulguem esses decretos dentro da sua página (site) para que as pessoas inocentes possam saber com quem estão lidando.

    Vcs podem ajudar divulgando esse texto.

    Estou fazendo a minha parte!

    ResponderExcluir
  6. "Vamos fazer esse texto chegar no Papa Francisco".

    Padre Gustavo Ribeiro da Silva, foi da Paróquia Nossa Senhora da Apresentação Irajá - RJ está sendo investigado pela CÚRIA.
    Por assediar mulheres ( fieis) e manter relações sexuais com algumas.
    Caso alguém já sofreu algum tipo de abulso por ele em qualquer Paróquia (não importa quanto tempo tem) ligue 2292-3132 pedir para transferir para a CÚRIA ramal 461 ou mandar e-mail para curia@arquidiocese.org.br aos cuidados do Dom Luiz Herique relatando o ocorrido.

    Juntos contra esses tipos de Padres.

    A ARQUIDIOCESE DO RIO DE JANEIRO ESTÁ DE PARABÉNS!

    Ele está suspenso da ordem desde Jan/2017.

    É obrigação nossa como fiel dar oportunidade ao próximo de saber oque acontece dentro da Igreja.

    Sabemos que padre como esse é uma minoria, que existem milhares deles dedicado ao seu chamado.

    Também sou a favor nos dias de hoje, que a ARQUIDIOCESE divulguem esses decretos dentro da sua página (site) para que as pessoas inocentes possam saber com quem estão lidando.

    Vcs podem ajudar divulgando esse texto.

    Estou fazendo a minha parte!

    ResponderExcluir