Papa Francisco, Falso Profeta?

É difícil encontrar quem não goste do Papa Francisco. Ele é bonachão, gente boa, humilde, amigo dos pobres, não gosta de riquezas e opulências, não implica com os homossexuais e nem com os abortistas. Dizem até que ele vai andar de fusca, e como se pode ver na foto acima, gosta de coisas simples. Maravilha, não é mesmo?

E se eu lhe disser que o Papa Francisco veio para destruir a igreja católica e blasfemar contra Cristo, você acreditaria? É verdade, e é como católico que eu lhe digo isso.

Francisco é o representante da maçonaria infiltrada na igreja, que finalmente conseguiu eleger o seu papa. É duro dizer, mas o demônio chegou ao papado. Ele é a besta do Apocalipse 13-11 ”que se veste como um cordeiro (símbolo de Cristo), mas fala como um dragão” (blasfema contra Deus).

Você lembra o que Paulo VI disse? “A fumaça de satanás de infiltrou na igreja”. E agora chegou ao seu vértice.

João Paulo I foi assassinado com apenas trinta dias de pontificado, lembra? Tentaram matar João Paulo II logo no início de seu pontificado com um tiro à queima roupa, lembra? E Bento XVI, coitado, foi tão perseguido que acabou tendo que renunciar, como se fosse um incompetente. Escândalos e mais escândalos estouraram em seu pontificado. Até seus documentos pessoais foram roubados, para poder chantageá-lo.

E agora com Francisco não existem mais escândalos sexuais nem financeiros. A mídia, controlada pela maçonaria o está endeusando, fazendo dele um ídolo, um líder inovador, um mito. Reis, rainhas e governantes têm vindo beijar o seu anel, em reverência a “sua santidade”. Que mudança brusca, não é mesmo?

Mas o que deseja Francisco? É simples: a luta entre Deus e o diabo continua. Como o diabo sabe que nada pode contra Deus, passar um tempinho sentado na cadeira de Pedro já está bom, pois de lá ele pode “abrir a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu” (Apoc. 13-6).

Outra missão de Francisco é facilitar o surgimento do anticristo, pois ele trabalha segundo as ordens deste, pois está sob sua vigilância, como vemos em Apocalipse 13-12. Foi primeiro preciso “ferir o pastor” (Zacarias 13,7), ou seja tirar Bento XVI, para que as ovelhas fossem dispersas (os fies). A partir de agora haverá uma grande confusão e divisão dentro da igreja católica e no mundo todo, e no meio desta confusão surge o anticristo apoiado por Francisco, que aliás já declarou que o microchip (marca da besta) é benéfico para a humanidade, não existindo na Bíblia nada que impeça o seu uso (será que Francisco já leu o Apocalipse alguma vez?)

Outra missão suja de Francisco: promover o aborto e o homossexualismo no mundo. Estes dois pecados são abominações e dão poder à satanás. É por isso que tem dinheiro à vontade para promover parada gay no mundo todo e para praticar o aborto. No Brasil o próprio governo paga o médico para a mulher que queira abortar. Recentemente Francisco afirmou que os católicos são “obcecados” com o aborto e o homossexualismo. Sublimarmente ele disse: “esqueçam aborto e homossexualismo”. Aliás, quando esteve no Brasil Francisco não fez nada para evitar o aborto, cuja lei já estava pronta, e que agora foi assinada por Dilma.

Francisco está usando mensagens sublimares, para blasfemar contra a igreja, para ser mais claro, para avacalhar mesmo com ela.

Quando perguntado pela repórter o que achava do lobby gay dentro do vaticano, Francisco respondeu: “ser gay não tem problema”. E deu uma grande pausa. E depois continuou: “o problema é o lobby gay”.

A mensagem sublimarmente passada: o homossexualismo está liberado. Resultado: explosão do homossexualismo no mundo, tendo sido Francisco eleito o “homem do ano”, pela maior revista gay dos estados unidos. Eu já vi, na missa, vários casais gays se acariciando como se fosse a coisa mais normal do mundo. E ninguém pode falar nada, pois Francisco liberou, mesmo que sublimarmente.

Mas o pior de tudo é que Francisco está atentando contra o sacrifício de Cristo na Cruz. A blasfêmia maior de todas é a de negar o culto devido só a Deus para dá-lo às criaturas e ao próprio satanás.

Cristo derramou seu sangue na cruz para nos salvar. Foi para pagar o pecado de Adão e nos reconduzir ao Pai que Cristo se sacrificou por nós.

Agora, Francisco está anulando o sacrifício de Cristo. Recentemente ele disse: “não é preciso converter ninguém. Ajude o pobre e vá embora”.

Esta afirmação pode parecer bonita e caridosa, porém, ela elimina o sacrifício de Cristo.

Ajudar o pobre, o menor abandonado, o doente, a viúva desamparada e todos aqueles que precisam, é uma conseqüência do amor à Deus. Se amo à Deus, também amo ao meu próximo, e consequentemente o ajudo naquilo que ele precisa. Enquanto esteve na terra, Cristo ajudou intensamente os necessitados. Ajudar ao próximo é uma excelente atitude, que vai ajudar no nosso julgamento diante do Pai, pois “seremos julgados pelas nossas obras” (Rom 2-6).

Mas veja bem, o que salva não é a caridade. Jesus quando enviou os doze apóstolos disse: “Ide ao mundo e pregai o evangelho à toda criatura da terra. Aquele que crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16-16).

Cuidado, você pode passar a vida toda fazendo caridade e ir para o inferno.

E é isso que o papa Francisco quer, lhe levar para o inferno. Ele quer tirar Cristo do centro e colocar os pobres, mas pobre não salva ninguém, quem salva é Cristo.

Outra armação pesada de Francisco: “todas as religiões levam a Deus”. Parece bonito não é mesmo? Assim sendo, você pode ir na macumba, que lá você irá encontrar a Deus também.

Mas pense nisto: só Cristo morreu na cruz, logo, o caminho para o céu, é somente através dele. Você já viu algum Buda crucificado? Maomé foi pra cruz? E Alan Kardec, passou por lá? Veja o que disse o próprio Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida;ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14,6).

Repetindo o que disse Jesus:” Ninguém vem ao pai senão por mim”.

Cuidado: quando Francisco anunciar a criação da igreja ecumênica mundial, unindo todas as religiões, não caia na lábia dele. O que ele quer é lhe afastar de Cristo e levá-lo à Satanás.

Aqui novamente Francisco está querendo lhe levar para o inferno. Siga um caminho diferente ao de Cristo e você vai ver onde vai parar.

Aliás, recentemente Francisco disse que o inferno não existe mais. O que ele quer, é que você não creia mais na existência do inferno, para lhe mandar para lá.

“Roma perderá a fé, e converter-se-á na sede do anticristo". Sabe quem disse isto? Parece coisa de fanático, não é mesmo? Mas esta afirmação é de Maria, mãe de Jesus e nossa, em La salette, França em 1846, aparição reconhecida pela igreja. Veja a mensagem completa (http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/366/Os-Segredos-de-La-Salette), você vai se surpreender.

Na verdade, a partir de La Salette, Maria antecipou o que iria acontecer no mundo. Em Fátima, Portugal, em 1917, Maria disse que o demônio se infiltraria até o vértice na igreja, além de ter previsto o fim da primeira guerra, a expansão do comunismo e o início da segunda guerra. Acredita-se que o fato do demônio ter chegado ao papado, faça parte do terceiro segredo de Fátima, que na verdade não foi divulgado.

Em Akita, Japão em 1973 Nossa Senhora disse: "O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos. Serão desprezados os padres que me veneram e terão opositores em todos os lugares. Haverá vandalismo nas Igrejas e altares. A Igreja estará cercada de asseclas do demônio que conduzirá muitos padres a lhe consagrar a alma e abandonar o serviço do Senhor".

Eu já vi dois padres, em uma emissora católica, em rede nacional, incentivar o casamento civil gay, e ainda citam as encíclicas do papa Francisco para justificar tal abominação. O que os padres não dizem, é que os afeminados vão para o inferno, pois “não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor 6, 9-10), e também Apoc 21.8: Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte. Se você ler as mensagens marianas como La Salette, Akita, Fátima, Lourdes e outras, vai se surpreender com o que Maria tem dito. O problema é que Deus e sua mãe foram esquecidos por esta geração.

Assim sendo, o aviso foi dado. Muita coisa ainda vai acontecer daqui para frente. Fique atento pois Cristo realmente está voltando para instalar seu definitivo reino de amor. Não fique de fora.

Movimento de Resistência Católica Viva Bento XVI

Obs: Leia as postagens anteriores clicando em "Postagens Mais Antigas", no final do Blog ou "LEIA ARTIGOS ANTERIORES" e escolha o mês, abaixo.

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

           O PAPA FRANCISCO É GAY?


https://img.aws.la-croix.com/2017/03/20/1200833316/Luigi-Ciotti-accueille-Francois-lassociation-Libera-2014_0_729_491.jpghttp://www.imaculadamaria.com.br/z1img/09_01_2015__14_27_274053109f4fd90315d248b454c718090b74249_640x480.jpg

Por Maria Ferraz
É insuportável o gotejamento de ações que denotam que o que está na cadeira de Pedro é um absoluto ativista gay ao ponto em que já se suspeita se ele não será ele mesmo um homossexual.

E que ninguém se engane, se em alguma ocasião Bergoglio tem falado contra a colonização ideológica LGBT é apenas para disfarçar e para que não se levante em massa o mundo católico que acolhe benigna e parcialmente as afirmações do hipócrita para acalmar-se por algum tempo.

Os fatos indiscutíveis são:
-Exibiu uma pulseira de orgulho gay no início de seu pontificado.
-Foi destaque na revista homossexual The Advocate por louvar sua tolerância.
-Foi elogiado por atores, jornalistas, políticos, até mesmo Hillary Clinton, e outros, cuja bandeira sodomítica é inegável.
-Por pronunciar quem sou eu para julgar? Quando um jornalista perguntou por seu amigo, Mons Ricca, que Bergoglio colocou muito perto dele, mesmo fisicamente, descoberto em um elevador com um homem jovem em uma cena comprometedora.
-As fotos do "Papa" com um par de sodomitas e mais tarde com duas lésbicas, uma das quais fez uma mudança de sexo para homem, que disse que desde que ele falou com o Papa vai para a missa e concorda, apesar de exercer sexo com sua parceira lésbica.

https://lifesite-cache.s3.amazonaws.com/images/made/images/remote/https_s3.amazonaws.com/lifesite/Pope_Francis_meets_Yayo_Grassi_and_partner_Iwan_810_500_75_s_c1.jpg
O Papa Francisco encontra Yayo Grassi, à esquerda, e seu parceiro homossexual, Iwan, na Nunciatura Apostólica em 23 setembro de 2015

-Permitir que o prefácio de um livro seu fosse escrito por uma defensora da ideologia de gênero. Intitulado, aprenda a aprender. Reflexões sobre temas de educação (AD instop. Riflessioni Sui temia Dell'educazione), o livro contém um prefácio de Valeria Fedeli, ministra italiana da educação, Universidade e pesquisa - que também é um porta-voz para o movimento LGBT e uma defensora da ideologia de gênero.
-As nomeações imparáveis de cardeais, bispos ou conselheiros vaticanos que defendem o movimento LGBT mais ou menos abertamente.
-A sua assistência ao encontro de famílias em Dublin, cuja agenda homossexualista não foi censurada nem corrigida.
-A nomeação de Mendonça como bispo apesar de ser um homo ativo.
-Permitir na comemoração da Natividade na Praça de São Pedro com um homem quase nu, ao gosto homossexual.
-A inclusão de seu nome na lista de pedófilos com personagens políticos e de Hollywood (o que ainda não foi comprovado).
-Cercar-se de um conselho de vários cardeais que estiveram envolvidos em escândalos de abuso sexual.
-Defender o problemático Barros criticando as vítimas de fofoqueiros.
-Não dizer uma só palavra sobre McCarrick e esperar por ele para apresentar a sua renúncia.
- Dizer à vítima chilena de abuso sexual clerical, ele mesmo um homossexual, que Deus o fez dessa maneira (gay).
etc.etc...
Fonte: https://religionlavozlibre.blogspot.com/2018/08/bergoglio-por-que-no-sales-del-armario.html

sábado, 4 de agosto de 2018

COMO JÁ ERA ESPERADO, O FALSO PAPA FRANCISCO COMEÇOU A MEXER NO CATECISMO. E NÃO VAI PARAR MAIS.


Em uma carta explicativa aos bispos, o cardeal Ladaria, prefeito da CDF, afirma que a mudança é um autêntico desenvolvimento de doutrina, com base nos ensinamentos do papa São João Paulo II e de Bento XVI.

http://www.ncregister.com/images/uploads/Screen_Shot_2018-08-02_at_13.54.29-1.png

por Edward Pentin
O Papa Francisco revisou o Catecismo para ensinar que a pena de morte é "inadmissível" e para dizer que a Igreja "trabalha com determinação para a sua abolição em todo o mundo".
Em um rescript, ou decreto, o papa substituiu a versão anterior de n. 2267 do Catecismo para ler:
A pena de morte
"2267 O recurso à pena de morte por parte da autoridade legítima, na sequência de um julgamento justo, foi durante muito tempo considerado uma resposta apropriada à gravidade de certos crimes e um meio aceitável, embora extremo, de salvaguardar o bem comum.
Hoje, no entanto, há uma crescente conscientização de que a dignidade da pessoa não está perdida mesmo após a prática de crimes muito graves. Além disso, um novo entendimento surgiu da importância das sanções penais impostas pelo Estado.
Por último, foram desenvolvidos sistemas de detenção mais eficazes, que assegurem a proteção dos cidadãos mas, ao mesmo tempo, não prive definitivamente os culpados da possibilidade de redenção.
Consequentemente, a Igreja ensina, à luz do Evangelho, que "a pena de morte é inadmissível, pois é um ataque contra a inviolabilidade ea dignidade da pessoa", [1] e ela trabalha com determinação para a sua abolição em todo o mundo.
_______________________________________
[1] FRANCIS, Discurso aos participantes do encontro organizado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, 11 de outubro de 2017: L'Osservatore Romano, 13 de outubro de 2017, 5. "
Até o anúncio de hoje, n. 2267 do Catecismo, promulgado pelo Papa São João Paulo II, leia:
"Assumindo que a identidade e a responsabilidade do culpado foram plenamente determinadas, o ensino tradicional da Igreja não exclui o recurso à pena de morte, se esta for a única maneira possível de defender efetivamente vidas humanas contra o agressor injusto.
Se, no entanto, meios não-letais forem suficientes para defender e proteger a segurança das pessoas contra o agressor, a autoridade se limitará a tais meios, pois estes estão mais de acordo com as condições concretas do bem comum e mais em conformidade com a dignidade da pessoa. a pessoa humana
Hoje, de fato, como conseqüência das possibilidades que o Estado tem para efetivamente prevenir o crime, fazendo com que alguém que tenha cometido uma ofensa incapaz de causar dano - sem tirar definitivamente dele a possibilidade de se redimir - os casos em que a execução do ofensor é uma necessidade absoluta "são muito raros, se não praticamente inexistentes". [1]
[1] João Paulo II, Evangelium vitae 56. 69 Cf. Gn 4:10. "
O papa aprovou o manuscrito em 11 de maio, assinado pelo cardeal Luis Ladaria Ferrer, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.
Em uma carta explicativa aos bispos, datado de 01 de agosto Cardeal Ladaria desenhou no ensino passado do Papa São João Paulo II e de Bento XVI sobre a pena de morte para declarar a mudança é um "autêntico desenvolvimento da doutrina não está em contradição que, com a ensinamentos anteriores do Magistério. "
Aqui está o texto completo da carta do Cardeal Ladaria:
"CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ
Carta aos Bispos sobre a nova revisão do número 2267 do Catecismo da Igreja Católica sobre a pena de morte
1. O Santo Padre Francis, em seu discurso por ocasião do vigésimo quinto aniversário da publicação do depositum Constituição Apostólica Fidei, pela qual João Paulo II promulgou o Catecismo da Igreja Católica, que o ensino Perguntado sobre a morte penalidade ser reformulada de modo a refletir o desenvolvimento da doutrina sobre este ponto que você realizou nos últimos tempos [1]. Este desenvolvimento centra-se principalmente na consciência mais clara da Igreja quanto ao respeito devido a cada vida humana. Nesta linha, João Paulo II afirmou: "Nem mesmo um assassino perde sua dignidade pessoal, e o próprio Deus se compromete a garantir isso." [2]
2. É na mesma luz que se deve entender a atitude em relação à pena de morte que é expressa cada vez mais amplamente no ensino de pastores e na sensibilidade do povo de Deus. Se, de fato, a situação política e social do passado tornou a pena de morte um meio aceitável para a proteção do bem comum, hoje a crescente compreensão de que a dignidade de uma pessoa não se perde, mesmo depois de cometidos os crimes mais graves, A compreensão aprofundada da importância das sanções penais aplicadas pelo Estado e o desenvolvimento de sistemas de detenção mais eficazes que garantam a devida proteção dos cidadãos deram origem a uma nova consciência que reconhece a inadmissibilidade da pena de morte e, portanto, pedindo sua abolição.
3. Neste desenvolvimento, o ensinamento da Carta Encíclica Evangelium vitæ de João Paulo II é de grande importância. O Santo Padre enumerou entre os sinais de esperança para uma nova cultura da vida "uma crescente oposição pública à pena de morte, mesmo quando tal pena é vista como uma espécie de" defesa legítima "por parte da sociedade. A sociedade moderna, de fato, tem os meios de crime suprimindo, tornando efetivamente criminosos inofensivos sem negar-lhes a chance definitivamente à reforma. "[3] O ensino da Evangelium Vitae foi incluído no editio Então typica do Catecismo da Igreja Católica. Nele, a pena de morte não é apresentado como uma penalidade proporcional à gravidade do crime, mas pode ser justificada se for "a única maneira possível para defender as vidas de seres humanos de forma eficaz contra o agressor", mesmo que, na realidade, "Casos de absoluta necessidade de supressão do ofensor hoje são muito raros, se não praticamente inexistentes" (# 2267).
4. João Paulo II também interveio em outras ocasiões contra a pena de morte, apelando tanto para a dignidade da pessoa como para os meios que a sociedade atual possui para se defender dos criminosos. Assim, na Mensagem de Natal do ano de 1998, eu desejava "o mundo o consenso sobre a necessidade de medidas urgentes e adequadas ... para acabar com a pena de morte." [4] No mês seguinte, nos Estados Unidos, eu repeti, "um sinal de A esperança é o crescente reconhecimento de que a dignidade da vida humana nunca deve ser tirada, mesmo no caso de alguém que fez um grande mal. A sociedade moderna tem os meios de se proteger, sem negar definitivamente aos criminosos a chance de se reformarem. Renovo o apelo que fiz recentemente no Natal de um consenso para acabar com a pena de morte, que é cruel e desnecessária. "[5]
5. A motivação para se comprometer com a abolição da pena de morte foi continuada com os posteriores Pontífices. Bento XVI recordou "a atenção dos líderes da sociedade para a necessidade de fazer todos os esforços para eliminar a pena de morte." [6] Mais tarde, ele desejou um grupo de fiéis que "suas deliberações irá incentivar as iniciativas políticas e legislativas sendo promovido em um crescimento número de países para eliminar a pena de morte e para continuar o progresso substancial feito em conformidade com a lei penal tanto para a dignidade humana dos prisioneiros quanto para a manutenção efetiva da ordem pública. "[7]
6. Nesta mesma perspectiva, o Papa Francis reafirmou que "hoje a pena de morte é inaceitável, por mais grave o crime de Condemned pode ter sido." [8] A pena de morte, independentemente dos meios de execução, "implica cruéis, desumanos e tratamento degradante. "[9] Além disso, deve ser rejeitada" devido à seletividade defeituosa do sistema de justiça criminal e em face da possibilidade de aborto de justiça. "[10] é nesta perspectiva que o Papa Francisco vem questionando para uma revisão da formulação do Catecismo da Igreja Católica sobre a pena de morte em uma maneira que afirma que "não importa o quão sério o crime que foi cometido, a pena de morte é inadmissível, pois é um ataque contra a inviolabilidade eo dignidade da pessoa. "[11]
7. A nova revisão do número 2267 do Catecismo da Igreja Católica, aprovado pelo papa Francis, situa-se em continuidade com o Magistério ANTERIOR, enquanto trazendo um desenvolvimento coerente da doutrina católica. [12] O novo texto, seguindo as pegadas do ensinamento de João Paulo II na Evangelium Vitae, afirma que acabar com a vida de uma punição como crime por um crime é inadmissível porque ataca a dignidade da pessoa, uma dignidade que não está perdido, mesmo depois tendo cometido os crimes mais graves Esta conclusão é alcançada tendo em conta o novo entendimento das sanções penais aplicadas pelo Estado moderno, que deve ser orientado sobretudo para a reabilitação e reintegração social do criminoso. Finalmente, dado que a sociedade moderna possui sistemas de detenção mais eficientes, a pena de morte torna-se desnecessária como proteção para a vida de pessoas inocentes. Certamente, continua a ser o dever do Poder Público para defender a vida dos cidadãos, as've sempre foi ensinada pelo Magistério e é confirmado pelo Catecismo da Igreja Católica em 2265 e 2266 números.
8. Tudo isso mostra que a nova formulação do número 2267 do Catecismo expressa um autêntico desenvolvimento de doutrina que não está em contradição com os ensinamentos anteriores do Magistério. Esses ensinamentos, de fato, podem ser explicadas à luz da responsabilidade primária da autoridade pública para proteger o bem comum em um contexto social no qual criminoso as sanções foram entendidas de forma diferente, e ADH desenvolvido em um ambiente em que era mais difícil para garantir que o criminoso não pudesse repetir o crime.
9. A nova revisão afirma que o entendimento da inadmissibilidade da pena de morte cresceu "à luz do Evangelho." [13] O Evangelho, de fato, ajuda a compreender melhor a ordem da criação que o Filho de Deus assumiu, purificado e levado ao cumprimento. Também nos convida à misericórdia e paciência do Senhor que dá a cada pessoa o tempo para se converter.
10. A nova formulação do número 2267 do Catecismo da Igreja Católica deseja dar energia a um movimento no sentido de um compromisso decisivo para favorecer mentalidade que reconhece a dignidade de cada vida humana e, em diálogo respeitoso com as autoridades civis, para incentivar a criação de condições que permitam a eliminação da pena de morte quando esta ainda estiver em vigor.
O Sumo Pontífice Francisco, na audiência concedida ao secretário-assinado da Congregação para a Doutrina da Fé em 28 de junho de 2018, aprovou a presente Carta, decidida na Sessão Ordinária da Congregação this em 13 de Junho de 2018, e ordenou a sua publicação .
Roma, do Escritório da Congregação para a Doutrina da Fé, 1º de agosto de 2018, Memorial de Santo Afonso de Ligório.
Luis F. Card. Ladaria, S.I.
Prefeito
X Giacomo Morandi
Manchete Arcebispo de Cerveteri
Secretário
_____________________________________________________
[1] Ver Francis, Discurso aos participantes do encontro promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização (11 de Outubro 2017) ORE (13 de outubro de 2017), 4.
[2] João Paulo II, Carta Encíclica Evangelium vitæ (25 de março de 1995), n. 9: AAS 87 (1995), 411.
[3] Ibid., N. 27: AAS 87 (1995), 432.
[4] João Paulo II, Urbi et Orbi Mensagem de Sua Santidade o Papa João Paulo II: Natal 1998 (25 de dezembro de 1998), n. 5: Insegnamenti XXI, 2 (1998), 1348.
[5] Id., Homilia no Domo Trans World de St. Louis (27 de janeiro de 1999): Insegnamenti XXII, 1 (1999), 269; cf. Homilia para a Missa na Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe na Cidade do México (23 de janeiro 1999): "Deve haver um fim para o desnecessário recurso à pena de morte": Insegnamenti XXII, 1 (1999), 123.
[6] Bento XVI, Exortação Apostólica Postsynodal Africæ munus (19 de novembro de 2011), n. 83: AAS 104 (2012), 276.
[7] Id., Audiência Geral (30 de novembro de 2011): Insegnamenti VII, 2 (2011), 813.
[8] Francis, Carta ao Presidente da Comissão Internacional Contra a Pena de Morte (20 de março de 2015) ORE (20-21 de março 2015), 7.
[9] Ibid.
[10] Ibid.
[11] Francis, Discurso aos participantes no encontro promovido pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização (11 de Outubro 2017) ORE (13 de outubro 2017), 5.
[12] Cf. Vicente de Lérins, Commonitorium, cap. 23: PL 50, 667-669. Em referência à pena de morte, tratando as estipulações dos preceitos do Decálogo, a Pontifícia Comissão Bíblica falou da "refinamento" da moral as posições da Igreja: "No curso da história e do desenvolvimento da civilização, a Igreja também, meditando nas Escrituras, você refinou sua posição moral sobre a pena de morte e sobre a guerra, que agora está se tornando mais e mais absoluta. Subjacente postura ESTA, que podem radical parece, é a mesma base antropológica, a dignidade essencial da pessoa humana, criada à imagem de Deus "(The Bible and Morality: raízes bíblicas de Conduta Cristã, 2008, n 98.) ..
[13] Concílio Ecuménico Vaticano II, A Constituição Pastoral Gaudium et spes, n. 4
Fonte: http://www.ncregister.com/blog/edward-pentin/pope-francis-changes-catechism-to-declare-death-penalty-inadmissible

sexta-feira, 3 de agosto de 2018

 O LOBO DO PAPA FRANCISCO VOLTA A ATACAR


Assim como a última rodada de alegações de abuso sexual e de rede homossexual na Igreja está chegando ao limite, o papa Francisco - que tem estado estranhamente quieto ultimamente – caiu como uma bomba teológica nuclear em nosso meio.

https://onepeterfive.com/wp-content/uploads/2018/08/wolf-1-1400x864.jpg
por Steve Skojec
De Crux:
Segundo o Catecismo da Igreja Católica, a pena de morte não é mais admissível sob nenhuma circunstância.
O Vaticano anunciou na quinta-feira que o Papa Francisco aprovou mudanças no compêndio do ensino católico publicado sob o Papa João Paulo II.
"A pena de morte é inadmissível, pois é um ataque contra a inviolabilidade e a dignidade da pessoa," é o que o Catecismo da Igreja Católica diz agora sobre a pena de morte, acrescentando que a Igreja "Funciona com determinação para a sua abolição em todo o mundo."
Como tentei anteriormente demonstrar, isso é simplesmente teologicamente errado. Não há como evitar isso. Mas eu queria a revisão de um especialista - o que eu não sou - Então, eu cheguei esta manhã para um teólogo de confiança, que é bem versado nas distinções mais refinadas de autoridade magisterial e seus limites. Esta foi a resposta que recebi:
O ensinamento tradicional da Igreja Católica sobre a moralidade intrínseca da pena de morte é um dogma irreformável. Negar isso ou afirmar o contrário é formalmente herético. Os católicos continuam obrigados a acreditar e aceitar essa doutrina, independentemente de quaisquer mudanças no Catecismo.
O que significa dizer que isso é "formalmente herético"?
1. Material formal versus heresia. Esta é uma distinção relativa ao status objetivo das proposições doutrinárias. Uma heresia é qualquer proposição que se oponha a qualquer dogma. Duas coisas são necessárias para que uma doutrina seja dogma: (1) ele deve estar contido na revelação divina e (2) deve ser proposto pela Igreja como tal (seja por juízo solene ou pelo Magistério ordinário e universal). Se ambos os requisitos forem cumpridos, então a doutrina é um dogma formal, e a negação de tal dogma é uma heresia formal. Se uma doutrina está contida na revelação divina, mas não foi proposta como tal pela Igreja, então ela pode ser chamada de "dogma material". Tal foi o caso da doutrina da Imaculada Conceição de Maria nos períodos patrístico e medieval. A heresia material é a negação de um dogma material.
2. Material formal versus herético. Esta é uma distinção relativa à culpabilidade subjetiva das pessoas. Um herege é uma pessoa que acredita ou ensina heresia. Um herege material é uma pessoa que acredita ou ensina algo que é objetivamente uma heresia; um herege formal é aquele que continua a fazê-lo obstinadamente após ter sido devidamente corrigido.
Assim, no caso do dogma da moralidade intrínseca da pena de morte, a negação deste dogma é formalmente herética, uma vez que contradiz a doutrina que está contido na revelação divina e que foi proposto como tal pelo Magistério ordinário e universal da Igreja. A pessoa que nega esse dogma é um herege material simplesmente em virtude de sua negação; mas ele não é formalmente um herege a menos que ele tenha persistido em sua negação depois de ter sido devidamente corrigido.
O que é tão absurdo sobre este momento na Igreja é simplesmente reiterar que o ensinamento da Igreja em face do que ser contrariada a partir do mais alto cargo é tão perigoso para um teólogo em plena comunhão que sou obrigado a proteger a identidade desta  pessoa.
Eu não sei o que adicionar ao acima. Estamos longe do mapa neste ponto em águas agitadas e desconhecidas. Comecei a argumentar que o momento de Gálatas 2 havia chegado quando Francisco havia dado luz verde para a contracepção eugênica em 2016. As coisas só pioraram desde então.
Bispos do mundo, se você é ortodoxo e você se importa em tudo sobre a fé ou as almas sendo perdidas devido à barragem implacável de escândalo e de erro vindo de Roma, você tem o dever moral de corrigir esse papa.
Cardeal Burke, cardeal Sarah, cardeal Brandmüller, cardeal Müller, bispo Schneider - seus nomes vêm em primeiro lugar, mas há outros. Escondendo-se e fazendo referências oblíquas ao que seus erros acontecem e condenando sem discutir sua fonte, não é suficiente aos olhos dos fiéis. O escândalo deste papa é apenas agravado pela absoluta falta de confronto por parte de nossos bispos que não vão recuperar este desastre pelo nome, no rosto, como São Paulo fez a São Pedro em Gálatas 2:11.
Dom Prosper Guéranger escreveu que "quando o pastor se torna um lobo, o primeiro dever do rebanho é se defender".
Vão mesmo nos forçar a fazer isso sozinho?
Fonte: https://onepeterfive.com/heresy-in-the-catechism-wolf-in-the-vatican-no-shepherds-in-sight/?

terça-feira, 31 de julho de 2018

Papa Francisco é infeliz na escolha de seus amigos e adeptos


https://www.redebrasilatual.com.br/mundo/2013/03/novo-papa-e-associado-a-sequestros-de-jesuitas-e-de-bebe-durante-ditadura/bergoglio_telam.jpg/@@images/c02fc459-a969-47da-970c-a76d03745e1d.jpeg

Por Marco Tosatti
Deve-se dizer que o Pontífice reinante é infeliz na escolha de seus amigos e adeptos, e do caso McCarrick (além do que de Mons. Pineda, bispo auxiliar de Tegucicalpa, e os do Chile) estão a demonstrar.
Mc Carrick, um membro do primeiro andar dos bispos progressistas americanos (entre os quais estava Rembert Weakland, o grande crítico de João Paulo II e Joseh Ratzinger) foi forçado a desistir do barrete em função da tempestade que se desencadeou nos Estados Unidos. Mas antes que esta tempestade eclodisse, ele teve tempo, como grande conselheiro do papa Bergoglio, de promover seu amigo Blaise Cupich, imediatamente cardeal, à importantíssima diocese de Chicago. Um grande admirador do jesuíta James Martin, porta-estandarte das pessoas LGBT na Igreja, e que nos dias de hoje teme que seja desencadeada  uma "mentalidade de caça às bruxas" contra os padres homossexuais. E McCarrick viveram juntos por anos - sem que estranhamente o seu amigo nunca perceber nada - com um prelado, Kevin Farrell, nomeado (e fez dele um cardeal) peloPontífice reinante, Prefeito da Congregação para os Leigos, a Família e a Vida.
E quando não foi Mc Carrick quem aconselhou o papa, Card. Roger Mahony, aliviado por seus escritórios episcopais por seu sucessor, Mons. Gomez (que ainda não foi feito cardeal, apesar do fato de que ele é um excelente prelado, mas é Opus Dei, e sobre eles há a proibição ...) devido a - adivinhe - problemas de abuso.
Os cardeais e os bispos chilenos, como sabemos, estão em apuros; e entre eles outro grande eleitor, amigo e homem de confiança de Bergoglio, cartão. Errazuriz Ossa, que admitiu que não tomara medidas há vários anos contra o super-agressor Don Fernando Karadima. Enquanto outro defensor de Bergoglio, que o criou cardeal, o salesiano Ezzati, foi convocado nestes dias como réu pelo poder judiciário chileno por questões de abuso.
A pessoa também não pode esquecer que entre os organizadores da eleição de Jorge Bergoglio ao Trono de Pedro foi o cardeal belga Danneels, famoso (definido por ele) da máfia St. Gallen, e estrela de um episódio de cobertura de abusos especialmente hediondos : a de um bispo que abusou de um sobrinho. O que não o impediu de aparecer ao lado de Bergoglio assim que foi eleito papa na Loggia das Bênçãos. Por sugestão sua, o pontífice rapidamente se libertou de Mons. Léonard, e nomeou um aluno de Danneels, De Kesel, como arcebispo e cardeal em Bruxelas. Com os resultados que temos sob nossos olhos. Como podemos esquecer que entre os eleitores, amigos e conselheiros do pontífice estava o falecido cardeal Murphy O'Connor. E, a esse respeito, parece-me justo dar a conhecer as perguntas que há um ano, quando o cardeal Murphy O'Connor ainda estava vivo, dirigi-me aos escritórios competentes, sem receber uma resposta. Aqui estão elas.
1) Se está em curso , ou se está aberta, uma prática relativa ao cardeal Murphy O'Connor, sobre a queixa dos leigos britânicos, por seu gerenciamento de um ou mais casos de abuso sexual durante seu episcopado;
2) Se a prática ainda estiver aberta; ou se foi fechada e por que motivo;
3) A data do eventual fechamento da prática;
4) Se foi uma decisão que emana do desenvolvimento da prática em si, ou se houve uma  intervenção superior nesse sentido.
Penso que uma resposta, dado que a transparência é muito apreciada, nestes tempos, seria muito bem-vinda.
Deve-se notar, sem querer tirar deduções particulares, que todas essas pessoas pertencem à chamada área progressista da Igreja. E isso é um fato. Alguém da comitiva do pontífice reinante recordou os casos de Groer di Pell, no campo "conservador"; mas se houver dúvidas sobre Groer, sobre Pell recomendo a leitura desta investigação documentada de Julia Yost em FirstThings https://www.firstthings.com/web-exclusives/2017/07/the-case-against-cardinal - para entender o quanto há labilidade nas acusações e hostilidade em relação à Igreja na Austrália.
Fonte: http://www.marcotosatti.com/2018/07/31/il-pontefice-felicemente-regnante-e-proprio-sfortunato-con-i-suoi-amici-e-sostenitori-qualche-esempio/
Cardeal Müller: Católicos não são obrigados a seguir a agenda eco-esquerdista do Papa Francisco.


Católicos não são obrigados a seguir a agenda eco-esquerdista do Papa Francisco de se opor a combustíveis fosseis e de favorecer acordos acerca de assuntos ambientais, afirmou o Cardeal Gerhard Müller ao jornal australiano The Weekend (27 de julho).


https://fratresinunum.files.wordpress.com/2016/07/el-cardenal-gerhard-muller.jpg
Cardeal Müller

Por Gloria.tv, 29 de julho de 2018 | Tradução: FratresInUnum.com
Müller está em Sydney para discursar na conferência da Confraternidade Australiana do Clero Católico. “Não somos um partido verde”, acrescentou.
“Política ambiental não tem nada a ver com a fé e moral. Esses assuntos são para políticos e para o povo votar no partido ao qual adere”.
“Os bispos não são cientistas, especialistas em meio-ambiente ou políticos”. Müller recomendou que os líderes da Igreja deveriam se concentrar na religião.

Papa deveria combater “cisma”.
Müller explicou que Francisco e os bispos precisavam “dar clareza, baseada na palavra de Deus” para curar o “cisma” existente entre “conservadores” e “progressitas” na Igreja.
Falsas compreensões de teologia estariam causando confusão doutrinal.
No entanto, as prioridades de Francisco seriam a justiça social e a eliminação da pobreza, acrescentou.

Colegialidade só no papel
Müller afirmou que muitos cardeais que elegerão o sucessor de Francisco encararão o problema de não conhecerem uns aos outros, pois Francisco não convoca um encontro geral entre cardeais há quatro anos.
A falta de tais encontros parecem contradizer o estilo consultivo ostensivamente favorecido por Francisco, que [supostamente] quer uma “abordagem sinodal”.
O Cardeal Müller afirmou que Francisco também ouvia “pseudo amigos, que nem sempre eram amigos”.
Fonte:https://fratresinunum.com/2018/07/31/cardeal-muller-catolicos-nao-sao-obrigados-a-seguir-a-agenda-eco-esquerdista-do-papa-francisco/

quinta-feira, 19 de julho de 2018

BISPO DO SCHNEIDER: O PAPA FRANCISCO E O VATICANO SÃO FINANCIADOS POR GEORGE SOROS PARA PROMOVER A MIGRAÇÃO MUÇULMANA PARA A EUROPA E ACABAR COM O CRISTIANISMO.


Políticos europeus e altos funcionários católicos foram comprados e pagos pelo globalista George Soros, segundo o bispo do Vaticano Athanasius Schneider, que confessou a um jornal italiano que a crise dos migrantes muçulmanos foi orquestrada com o objetivo de " alterar radicalmente a identidade cristã e nacional". dos povos da Europa ”.
Bispo Schneider, um residente do Vaticano, fez a revelação bombástica durante uma entrevista com o diário italiano Il Giornale . De acordo com Schneider, o Vaticano foi infiltrado por agentes globalistas e uma campanha organizada está sendo implementada para alterar radicalmente a cultura européia.
Falando ao jornal na semana passada, o bispo Schneider disse: " A crise dos migrantes representa um plano orquestrado e preparado por um longo tempo pelas potências internacionais para alterar radicalmente a identidade cristã e nacional dos povos da Europa ".
De acordo com o bispo Schneider, os agentes globalistas estão determinados a erradicar o cristianismo na Europa e no Ocidente. Uma de suas principais táticas envolve inundar os países europeus com migrantes, a fim de diluir a base cristã e mudar radicalmente a cultura e a identidade nacionais.
O Papa Francisco tem levantado as sobrancelhas por um longo tempo por seu apoio contínuo aos pontos de discussão globalistas. No mês passado, o pontífice convocou fronteiras abertas nos Estados Unidos, instando as autoridades a aceitarem o maior número possível de refugiados e fornecendo exemplos da Alemanha e da Suécia como modelos para os EUA seguirem.
" Cada país deve fazer isso com a virtude do governo, que é a prudência, e absorver quantos refugiados puder, quantos puder integrar, educar e dar empregos " , disse o papa a repórteres a bordo de seu avião papal após uma reunião. viagem a Genebra, Suíça.
Estas declarações inflamadas são apenas as últimas de uma longa série de anúncios perturbadores do papa jesuíta e renovaram o temor de que ele seja o falso profeta a ser advertido nas sagradas escrituras e profecias.
Em julho, o papa Francisco disse ao jornal italiano La Repubblica que os Estados Unidos da América têm "uma visão distorcida do mundo" e os americanos devem ser governados por um governo mundial , o mais rápido possível " para seu próprio bem". "
Há poucas dúvidas de que o papa Francisco seja uma das figuras do Vaticano que o bispo Schneider sugeriu estar na folha de pagamento de George Soros.
Relatório Breitbart : As críticas levantadas pelo bispo Schneider ecoaram preocupações semelhantes expressas pelo primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán, que também lutou para manter a identidade "cristã" da Europa, bem como a soberania nacional de seu país.
Orbán convocou o bilionário de esquerda George Soros por seu plano de inundar a Europa com milhões de imigrantes, numa tentativa de enfraquecer as fronteiras nacionais, dizendo que a União Européia está seguindo os "planos migratórios de Soros" com suas cotas de imigração forçada.
O primeiro-ministro húngaro disse em 2017 que Soros e a UE procuram trazer anualmente um milhão de migrantes para criar uma força de imigração da UE para minar a soberania nacional dos estados-membros.
Em 2016, Orbán usou outra analogia adotada por Schneider, incitando os europeus a se levantarem contra a "sovietização" da Europa em um evento comemorativo da revolta anti-comunista de 1956.

sábado, 7 de julho de 2018

PAPA FRANCISCO CONCEDE HONRARIA AO PRESIDENTE FRANCÊS MACRON, ABORTISTA E ISLAMITA

 
ROMA, 28 de junho de 2018 ( LifeSiteNews ) - O presidente francês Emmanuel Macron foi nomeado canon da Basílica de São João de Latrão sob os auspícios daPope Francisco

Embora Macron tenha sido batizado aos doze anos, ele agora é considerado um agnóstico. Muitas de suas opiniões são estritamente seculares, incluindo seu apoio ao aborto, de modo que a oferta do grau honorário e sua aceitação podem parecer problemáticas para alguns.

A concessão do título honorário aos chefes de Estado franceses segue uma longa tradição, que remonta à monarquia francesa do século XV.

Nem todos os recentes presidentes franceses fizeram a viagem a Roma para aceitar a honra.

René Coty foi o primeiro a fazê-lo em 1957, seguido por Charles de Gaulle, Valéry Giscard d'Estaing, Jacques Chirac e Nicolas Sarkozy. Georges Pompidou, François Mitterrand e François Hollande aceitou o título sem viajar para a Basílica de São João de Latrão para recebê-lo.

A França tem sido tradicionalmente chamada a "filha mais velha da Igreja" por causa de sua profunda devoção católica, mas uma lei promulgada em 1905 oficialmente a converteu em um estado secular. Enquanto o catolicismo continua a ser a religião predominante, o país é muito secularizado, cada vez mais desconectado de sua rica história e tradição católica.

Macron, evidentemente, vê isso como um problema. "Em um momento de grande fragilidade social. . . Considero minha responsabilidade deter a erosão da confiança entre os católicos em relação à política e aos políticos ".

No início do dia Macron se reuniu em particular com o Pope Francisco por uma hora.

"Havia muitos problemas na mesa, como o meio ambiente, uma questão que preocupa os dois homens após a saída dos Estados Unidos do acordo de Paris", segundo relatos de Roma. Os dois também discutiram a crise migratória no Mediterrâneo que está polarizando tanto a Itália quanto a França.

A Basílica de São João de Latrão é a mais antiga igreja pública de Roma, a mais antiga e mais alta das quatro principais basílicas papais, e é a sede eclesiástica do Papa.

O título, "primeiro e único cônego honorário da Basílica de Latrão" foi originalmente reservado para os reis franceses quase cinco séculos atrás, em resposta ao apoio generoso da monarquia francesa na Basílica Lateranense, a fim de garantir um forte apoio a geopolítica romana.

O arranjo não era incomum no século XV: o imperador da Alemanha era conhecido como o cânon de San Pedro e o rei da Espanha era o cônego de Sainte-Marie-Majeure. Antes da Reforma, os reis da Inglaterra eram conhecidos como o cânone de São Paulo Fora dos Muros.

Desde o fim da monarquia francesa, o título honorário foi concedido aos chefes de Estado franceses.

Macron homenageado no domingo, 1 de julho, com uma de suas maiores honras ao proponente do aborto a Simone Veil

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Papa Francisco atribui condecoração pontifícia a ativista pró-aborto e pró-gay

abortista
A ex-ministra dos Países Baixos, Lilianne Ploumen, uma ativista extremistapró-aborto, fundadora da “She decides” (em português, “Ela decide”), uma organização de angariação de fundos para a promoção do aborto, foi condecorada pelo Papa Francisco com o título de Comendadora da Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno. Ploumen possui ainda um vasto e conhecido currículo de ações públicas na promoção da ideologia gay, onde se inclui, por exemplo, a presença no Core Group LGBTI da ONU em setembro do ano passado.
O vídeo abaixo é da rádio neerlandesa BNR:
Tradução do diálogo do vídeo acima:
BNR – E esta é a enésima condecoração que Lilianne Ploumen recebe, obtida em 2017 e vinda de quem…
Ploumen – Sim, é uma alta distinção do Vaticano; do Papa.
BNR – Do Papa!…
Ploumen – Linda!
BNR – Sim!
Ploumen – É “Comendadora da Ordem de São Gregório”.
BNR – Mesmo sendo pró-aborto?
Ploumen – Sim, pode confirmar.
(Tradução livre a partir da tradução em inglês providenciada pelo Instituto Lepanto, 12/01/2018)

As condecorações da Ordem Equestre de São Gregório Magno são normalmente atribuídas a homens e mulheres em reconhecimento de serviços prestados à Igreja, feitos notáveis, apoio à Santa Sé e bom exemplo dado à sociedade.

PAPA FRANCISCO: O PAPA DOS PECADORES DO ANTICRISTO E DE TODAS AS RELIGIÕES.


O papa que os pecadores sempre sonharam chegou, Bergólio, o papa Francisco.
Pela função que exerce, ele não pode apoiar o pecado abertamente, então ele dá um jeitinho, mandando mensagens erradas misturadas com as boas, introduzindo o erro na mente das pessoas. Por exemplo, no caso dos gays, no avião, ele começou citando corretamente e catecismo, mas lá adiante ele se saiu com a famosa frase “Quem sou eu para julgar os gays?”. Pelo auxílio que tem dado à causa gay, Bergólio foi eleito o homem do ano, pela maior revista gay dos EUA. Recentemente Bergólio afirmou que Deus faz o homem gay, e quem assim nasce, deve ser feliz desta forma mesmo. Não precisa se arrepender de nada, e muito menos se converter. Ele chegou a dizer que roubou um objeto do caixão de uma pessoa, e não mostrou o menor arrependimento por isso. Quando disse que a via crucis era o fracasso de Deus, primeiro ele disse uma coisa boa: que rezava o rosário e a via crus, e depois afirmou que a via crucis era o fracasso de Deus, para confundir as pessoas. Ele dá mau exemplo convidando satanistas para cantar e dar palestras no vaticano. Anda de mãos dadas com padre gays e condecora uma ativista pró aborto como Comendadora da Pontifícia Ordem Equestre de São Gregório Magno.
Bergólio tem muita habilidade com as palavras, isto já estava relatado há dois milênios no Apocalipse 13, que fala que a besta (bergólio) abriria a boca para proferir blasfêmias contra Deus. Precisamos ficar muito atentos ao que ele diz, pois no meio de coisas boas, ele injeta o seu veneno.

Bergólio deixa subentendido que não é preciso se preocupar com o pecado, pois Deus é misericórdia, e sempre vai dar um jeitinho em lhe perdoar. Pode pecar à vontade e deixe o resto por conta de Deus, que é bondoso e misericordioso. É isso que ele passa à humanidade. Aliás, Bergólio acabou com o inferno também. Ele anda dizendo que Deus não seria capaz de mandar ninguém para o inferno, logo, o inferno não existe.  O que este safado e mentiroso deste falso papa não diz, é que Deus é justiça também, e que quando acaba a misericórdia, entra a justiça Divina, que vai premiar com o céu ou castigar com o inferno.

Você já ouviu falar de um papa que não se preocupa com a conversão de ninguém? Pois é este papa que está em Roma. Ele não quer converter ninguém à Cristo, o que já era de se esperar. Ele vem com aquela velha história: “todas as religiões levam à Deus”, o que é uma tremenda traição à Cristo, pois só Cristo é Deus, só Ele pagou o preço de nossa salvação na cruz, e só Ele ressuscitou, além disso foi o próprio Cristo quem disse: “Só se vai ao Pai através de mim” (João 14-6). Como pode então este falso papa dizer que todas as religiões salvam? Além do mais, querer unir religiões, como ele está fazendo é uma tremenda blasfêmia, pois ele pretende igualar à Cristo a seres humanos ou falsos deuses como Buda, Alan Kardec, Shiva, etc. Só Cristo é Deus, só Cristo salva. O resto é conversa fiada.
Sem falar no apoio que ele está dando aos governos comunistas e ao islamismo. Ele afirma que islamismo não é uma religião violenta. Só sendo muito cara de pau mesmo. Recebe e acolhe os refugiados muçulmanos, mas não quer nem saber de refugiado cristão. Vive paparicando ditadores assassinos como Hugo Chaves, Evo Morales, Lula, Dilma, Fidel Castro e toda a corja comunista. Já chegou até a pagar passagem para o líder do MST ir à Roma. Enfim, se é coisa errada, pode contar com o apoio do falso papa Francisco.

Como Nossa Senhora afirmou Em La Salete, que Roma seria a sede do anticristo, dá pra entender porque o falso papa está unindo religiões: é para que o anticristo seja o chefe de todas elas, governando a partir de Roma.
Tudo isso é muito triste, mas é a realidade é esta. Nossa Senhora nos tem advertido há mais de cem anos, e tudo é confirmado na Bíblia.
Nos preparemos para tempos difíceis e alertemos nossos irmãos incautos.

domingo, 17 de junho de 2018

Diocese portuguesa abre Sagrada Comunhão aos adúlteros. A nova solução do Papa Francisco

Como se esperava, chegou agora a vez de Dom António Marto publicar o seu documento que lança a prática de Amoris Laetitia* na diocese de Leiria-Fátima nos termos desejados pelo Papa Francisco. Os adúlteros poderão agora aceder à Sagrada Comunhão também na diocese portuguesa onde a Mãe de Deus veio dizer-nos que “os pecados que levam mais almas para o Inferno são os da carne” e que “muitos matrimónios não são bons, não agradam a Nosso Senhor e não são de Deus”.
O método de “discernimento” proposto pelo futuro cardeal Dom António Marto...
...foi assumidamente inspirado na heresia bracarense, mas apresenta algumas nuances trágico-cómicas dignas de nota, particularmente no que se refere ao exercício experimental pelo qual deverá passar a pessoa adultera e que deverá produzir resultados ao fim de 15 dias!
A diocese propõe que o adúltero viva uma semana de acordo com o ensinamento constante da Igreja, sendo convidado a “não aceder aos sacramentos”, porém, a partir do oitavo dia, deverá “fazer o oposto” durante toda a semana para experimentar também a nova solução de misericórdia do Papa Francisco.
Numa fase posterior (3ª semana?), o adúltero terá de elaborar “uma lista de ‘prós’ e ‘contras’ de aceder aos sacramentos” (onde, eventualmente, ponderará determinados pormenores como o destino eterno da sua alma, entre outros aspetos)… Depois de observado esse procedimento, o adúltero estará então em condições de tomar uma decisão “racional”.
À semelhança do que prevê o método discernimental da diocese de Portalegre-Castelo Branco, para além das conclusões “sim” e “não”, disponibilizar-se-á ainda uma terceira via destinada a quem reconhecer que a sua relação adúltera ainda não atingiu suficiente maturidade espiritual.
No que diz respeito ao acesso aos sacramentos, propõem-se os dois passos seguintes:
1. Fazer um exercício de conclusão do discernimento, como se segue: durante uma semana, rezar e viver como se a decisão fosse não aceder aos sacramentos, tomar consciência do que se vai sentindo, dos sentimentos espirituais, do que há de paz ou inquietação; na semana seguinte, fazer o oposto… rezar e viver como se a decisão fosse aceder aos sacramentos, tomando nota dos movimentos espirituais sentidos. Assim, vai-se percebendo por onde Deus chama, o que dá mais paz, o que aproxima mais d’Ele, da vida cristã e dos outros.
2. Para confirmar, através de um processo racional e a partir de tudo o que se leu, rezou, partilhou e ouviu, faça-se uma lista, em duas colunas, de ‘prós’ e ‘contras’ de aceder aos sacramentos. Noutro tempo, faça-se o mesmo processo com a possibilidade de não aceder aos sacramentos. Depois de “selecionados” os ‘prós’ e os ‘contras’ de uma e de outra possibilidades, ver o que se revela mais evidente. Como afirmado no início, pode ser: 1) aceder aos sacramentos; 2) não aceder aos sacramentos; 3) para já não, há passos ainda a dar na nossa vida e o discernimento deve continuar.
(Guia Prático para o Percurso de Discernimento Acompanhado;http://leiria-fatima.pt/…/12145/NotaPastoral_GuiaPratico.pdf )
*Voltamos aqui a repetir de forma clara para todos aqueles que ainda não puderam ou não quiseram compreender: A prática de Amoris Laetita, no sentido pretendido do conceito, consiste em obter/dar absolvição sacramental e receber/dar a Sagrada Comunhão apesar do adultério.
JESUS: O VULCÃO DO TERROR ESTÁ PARA EXPLODIR


https://www.rs21.com.br/wp-content/uploads/2017/06/sagrado-coracao-de-jesus.jpg
data:image/jpeg;base64,/9j/4AAQSkZJRgABAQAAAQABAAD/2wCEAAkGBxIREhUQEhMSFRUXFRcVFRUYFxYWFRsVGBcWFhUWGhgYHSggGBolGxgTITEiJykrLi4uFx8zODMuOygwMCsBCgoKDg0OGhAQGjAlHx8tLi0tLy8tLi0wLS0wLS0tLy4tNy0uLSsvLS0tLy0tLS0vLS0rLS0tLTUtLS0tLS0tLf/AABEIAF8CEgMBIgACEQEDEQH/xAAbAAEAAwEBAQEAAAAAAAAAAAAAAwUGBAcCAf/EAEoQAAEDAgQDBQIJCQYEBwAAAAEAAgMEEQUSITEGQVETFCJhcTKBM0JSkZOh09TjFiNDU2Jyg4SxB3OSlKPRFYKy8VVjdKKkwcP/xAAZAQEBAQEBAQAAAAAAAAAAAAAAAQIDBAX/xAAtEQACAgEDAgQFBAMAAAAAAAAAAQIREgMhMUFhEzJRkQQicbHwUoHh8RSh0f/aAAwDAQACEQMRAD8A9xREQBERAEREAREQBERAEREAREQBERAEREAREQBERAEREAREQBERAEREARF8SvsLoCq4gxYwNAYM0j3Bkber3GzR5C+55C5X5QYi9sxpprZ7ZmOAsHs2uOhB0I9DzCrMLHeqx9QdY4LxR9DMQC93nlabdPGeY0suIKEyRh8fwsR7SPzIGrPRw09bHkvPLWqeJqti6RceEVomiZIPjNB+pdi9BkIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIvh8rRuQFD36P5TfnQHSqriOoLIJHDcNJ+pWLJmnYg+9cWNQ54nN6gj6kBXcHxllJE0jXLmcflOcS5z/AHnX3q6zLH8G1+WAQE2dC4wuGnqxx8yNT+9fmu/ibFnRUsjgfG4dlFlvftJPC3ba29/LkvhucvEwfNnpcL36H3wLKHRSFvsdvPk29jtX5LW0tltstMqbhTDhT00cXRoH1K3c8Dcr7aVI8zPpFxy4nE3d7R7wpIa6N/svafeFQdCICiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIvwlcOIYvDCLve0e/W/IIDvRZ9uMTzfAU78vJ8ngb8x8R9bL5nFW0ZpKini3+KXCwF/aLm/0WHOK5ZaZokWBqeJ+zNu/QydQyFzj7rSa+666qXi55AOR0gtezYp2uv0IewNH+JRasXwVwaNovxzrLNM4xiHwkc8el7vie1t+mYixPoqviXio5A2Nr25yGh7mlgu65ABcN7Bx9xK05JExZpqjHYWOyZszvkt1PzBRN4ij+MyZg6vjewfO4BZzDOGjI0GSWS24Yx7mMF99jdx3uXEk3U1TwgBrHLOxw2Ikfp7iSPqUufoX5TX0tWyQZmODh1Bup15sKuopJGibmbNnaMrXE2AEzRpcnTOOZ10W+w2sErA7Y7EHcEaEFWMr26kao6iVmeIOIxEXMa4DKLyPOoYDsLDVzjY2aN7HYAkWmP4i2CF8rjYNaSSsBRYZJJPTsmJvI11VKw6DO4gRtI55WBg9RfmpOTVJcssV1ZY0NNVVXjLnxsOoLrOlPqD4Gjyyk23N11T8LHKWtcB/CgI+Z0ZH1LYwQhoAAUuUK4IZM82qW1NNq9hc39ZCTG8eZYbsNvJvoFdYfjxMYe5wlhdp2gFnMO1pWXOXXS9yPRaeppQ4bLz3iKIYfL3pmURu0nYQC1zD7Rt6b+XWwWJKUd4+3/Cpp7M/MTtBWZh8HUMLHW5PHijd9R1/3X1TuFVVU8I9iKMTv/vXktAPoG7dfRUXEWKRMaY89uyfHLFc+IxHLIwb/IOUn1VjQ1rKKoqWktMh7FrWjcuMMVh6l5cf+ZebwU/iFqdKs651puPc3WKY22EZG2Lg0k6gBrQNXOJ0a0dVmO91FXrHmcCPbdmZCP3WtIfJz1JaDpYLhwqAVlS+Jzw5sbrTa3D5mk3H7jCS0DqLnVekUtI1gAAAC9Sue/Q5OomSg4cl9ozFrib+BkbBc+jbu/5iT5rjrsHqIvGwtlsBcOaGPsL7Sxhr+fxsy9ByhRTQghawiTJmQwLiEht3Oe6MEMeXgCSJ50tJY2LSdnDqL8idmx4IuF57i8bKetYTbs5w6KVvItyONz6AOPqAtLwdUuMJie7M+Jzo3HrlJAd7wAfesQk8nB9PsWS2tF+o5p2tF3EAL4q5wxpcdgLrz7E8XkmeGNZ2kr9WRu+DZEbWkkA9ouFyAfLTe25SxMpWbA8RwXs12b90Zv6L7jx+AnKXZTtZ2mvTVZ6m4YlkANRPM49GvdGwXtcBrCLDQdUr+Gi1pMc0wNtnSOkaRY6FryQRqdFLl6F2NpHIHC4IK+l5ng3EMkMpiLSXA+OKO5GTS0rGk3Av4S0XAuCABdaeTjCEaBsjnXsWtY5zh6tAvbzsqpJhxZpUWMqeLzya5n70VRtrtliOvzKvZxdmcM1U2IG988DmEW8nPufLw6qPUiuQotnoaLMUcssozQVsEnll562Gjrg6H5tlP/xWphNpoC4c3RHP/wC3R31ItSL4YxZoEVfh+MQzew8EjQjYg9CORVgtmQiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiIgCIiAIiIAiL8BQH6iIgCIqbG8a7u6JuUHtHZASbeIjwja1jYi5tqR7o3QRcoqeHiCO+SS8T+jxa/odj7irJlUw6hw+dUEyKCSsY3UuA96qajieAHIwmV/yYwXnyvYaIC8JVdieNQwDxuFzoBuSeQA5lVMklZPvamZ52fKRryByt5czvsv2lw+KA5mgukOhkeczzfzPsjyFgvNq/FacO50jpORHNWVVRaw7Bh2uLykdQ34nq7XyVhhWCRRHPYvfzkecz/OxPs+gsFNSQG9zurJosvPpamprSt7I1NRjsjLcT43N2zaGksJS3PJIRcMYdG2voXGx9LLlpuCmPOeoe+Z97kvcSL9Q3YdNttF3Yl+YrBUvv2cjBGXcmOaTYHoDffqtFDOxwuCCF7YRT3ObfRFbTYBCwWaxo9wXSaRjBc2AUtVXxxglzgB6rAcU8RicOaC9sIALiLgyjTwMvqWkG2YegObbUpKKtkim3SNrLBHIwlpDgRuNQvNavDZ4p5IYCzIcr+zkYx7CTmFgCLi1tCNsxVrwvxJmzPIeLH89EQA5vMSgAm7SN7bHXa9rHEKR7pO3gyvDg3ML2PhzFrmnb47gQdwdxZYtTXBreLM+zHn0xtKySn/aa7PD/hebW8szPIdNThnFgccjrPsLksvmA6ujIDwPOxb5qyjw4TxDtY8pI1YcpI8rtJBWQxfgUsOelcYyNQ3doP7OoLDvq0hMZx8rv6luL5NViYgqYXEFr2uafMWKrOAq0uaQTfTe97lrnRE+v5u58yViZ8Tka409SJY5XZsr4g1xfYF5zbNf4QdXBrtPacr/AISqzE4vDc8JY1rAx2d7GsBzBw9p5zF5Lhca8tAJ4icknsy4VFkvHmOsaT2jS+KFzTJG3eR5sY4vJuznE38It8YLKYVxfP23aVrmsfmLoJSLRhr9TTvsLtboC1x2seRJW+qsJoq13aeHPsXAlr9NLEix06Kg4h/s8YQXQizj7Qdch4/a1ve+oduD6kGThNyyTEZRSpo2FHxUwtBkY9lxe9s7COoey7SPeuj8poT7OdxPJrHO/oF4a/hurgcez71B1LHEtJ6XjcHEb7tV9hWD18hy9tVPBGUmRzgzW3is5xd10sNt1PFn+nc14cP1HsFJiLZmuLL+ElpB0II3C8u4sxqWKpc10EUm5YZTduWwy5GeySDmvoTr0svReHsLbSwNiHLUnqTqT7zdY3jKenncWvDXRRm8t7Wc612w9buGpts0E6aX3q+Td0Y0/NsrMZ/x3EiLkyloNg7K0tFhpYFugsV9ux+ueS90jwf1nZN5C182XS1t7rsxrAA+knrpW+Mtc9mnstAJYAPi9bcrr9oOG2VMRmDR2ghpnNNvjCmhcDp5ryr4eW2/Q9HjR5olwfG5nvJIikldfKWNaJhJu1ziy2ZmawOblzuvXaivbDCZZNA1mZ3oBcrz3hmujbJ3nLbNlZUaeJsgswSu/ZdaxOtnNOviC31fE2aItFiHC3uK9Ggqhz/Bw1XcuDnPEcQ9psjehLHAHoQbWKil4njOkbZZD0Yx5/oF5pxDh1bDZjZKhrW5sro3yWIJuM4aS7NyuL9dNVXMpKypAjvUPA3u6YAnTftbAeoa7ZZetqLbA0tODV5GoxjHuynFTI2N72B2WPM0tiBGVz5HXy5iDYAHS511XXwvi7oyKiTKBLYTNu0Fr2WjbJlv7Dmhm2zgb7r4wPgBuUGcA6aMHsjUnU7vOu59wCvKPgylieJMly03GYkgEbEAm2nLopHT1M82/wBuwlOGOKR38ZTFtJK4biNxHuF1Rf2eQNdG6peQXPcdb3AY0ljAD0DWt+tdHFVd20boGaM9mSQ+y1p3A5veRoGi51HLVZN2KxNkMcLamXtS50cb7RRgXGa9vE6ziNyNxoefSU4qaXUwotxPRqvH42ksYDI4fFbrbc6nZo0OpI2KzWJ8Ql5yZi52n5qCzna75pT4GW96UfDc9RbvEmVmhEEXgjBtb4tifqWlo8EigZljYGgDQAWWvnlzt9yfKu55djJqsr2NZHC18T84Zd0h8Jtmld4jd2UW6kD19MwHC44YGNAAAaP6LOMwOapma+Zgija/OWHK6R5a4GMEtuGMaQHZQSS6xJ8IC7eLsZEcLmtPhbbORub6Nib1kfsB53NgCUilG2G7pGljpo3i7cpHlr5FRzYLG7doPuWB4X4kcHmTszGXOJkpxcgG2YujPxiG7tG/tAe0B6Rh+IxzND43BwIuLLUZZIko0ZrEOCqd3iDMruTm3a75xqq3Damekqo6eaR0kTzlic7V7Xcm3G4P1LfvcLLIVTRU1sQYCWwu7SRwtYEA5Bc872OnTluuWvpxlB2WEmmXldg8M2rm2dykaS149HDX3HTyXF2dZTatPeYxy0bMB/0v59PQq6jdoFKCuGhqP1DK7Dcdhm8IOV43Y4Frh6g6hWgK4MRwmGoH5xgJF7OF2vF97ObYj51WdzrKfWKQTs+Q+zXj0cNHelh69PWp+pmjRos+zidjdKhj4DoDnHhueWcXafcVawYlE8Xa9p963ZDrRQuqmD4w+dV9VxBCw5Q7M7k1oLnH3BAWyLPYXxGZqgwGJzCGlxzEBwFwG+HcB3jtex8B01BWhUTT4K1QREVIEX4Sv1AEREAREQH4So31LBu4D3rKcVz12YiCNrmAC1pcj3H4wJMbgwD0JN/i21ycMVdvJSROPMFz5Re+hvI621tmhYlJx6WajG+ps+LuKI6ankka9pcGktF9zbQL9oYZGwxywvL3ZQ5+Y6SXFyeeR3Tly0WbinqW7YfBtbYfOu+HHK9unc2W5AOsF55z1W04xaOijFLk1VDjDHnI8Ojk5scLH3dR5hdFbiMcQBe61yAOZJOwAGpPksdLidbKMr6GIjcHtS0g9bhpsVz008gr6UVOVrcktgXBzc+UBviIF3WLhtrcrstR4ttGMTeUtYyQXafUG4I9QdQqnifCW1MZYfUEbhw1aR5g2PuWXxnE5ZKt/dY5HhgDC9k0bY3W8W3Zv1BcRvyCjNTiB/Qyf5ln3ZVTtcDEnp+IzD+Yr22sA0TEZo5LXAc7TwOtbfqrCCLD5hmYYbZviPygm2o8BF+qzdVS1cmj6aQ/zLPu6pajg7ObuoXk9e8R/dl5paG9wk0dFLbevc3srMNitndAL3I7R+fn1eSovyxpGgMga+To2KMgdDqbAG3W11iqbhIx6sonj+Yj+7K2p6GqZ7NNIP5ln3dT/HvzSb/P3GXpXuXDsQxGoA7OOOmHMk9q/wBLWAHr58t1zcLSS01bJDV1Be2aMOiL8oAewkuAPK7T77G+q+GyV42gk/zDPu6rsSwqoqPhaaV38yz7uungaai0l/omUvU0+I8UGUmnoBnffK+Y37NnXL8t3+yqabCa6ic6eCd0rnkOljlN2vI6H4pt0XJQUVTAMsVNKB/6iP7uut82IHTsJP8AMs+7LUNKCVUR30Lik47pngx1TXU77WLZBdh62eBlIVDxPidLTsMtO1shsbMY+ZmmoGjHgbg65brhrsMqpfbpHn+ab92VR+R8ovlonjyFYAPmFKFyehK7jJm4uK5S9yKLGqmYD81FA52obaSabYWsJi7KTcchbXUWW04X4Ve93b1LnON8zWucXG9gMzjf2vTQbBZfD8AroPgqWNo/v/wFcxzYwNoWfT/grtHTp5O2ySlapUjQ4/wvmLZoXGKZli17fI3sRzFxsqBmJTU7gJ43Ru5zQjPG4/KdDyJ30yjzKGoxg/oW/T/gLnmixR/tU7T/ADH4C01btJpmFttaNNhvGrHeFr4ZDa5tI2N4tvmjlyuH1r8reMGkEZoWG4FjI2R+oBFmxZjzG9rLFyYFWO9qkB/mR93X3T4LWM9mkA/mR93S5/i/kYx/GX1Hgr6xxkdnbG4FriRlfI297ZR8GzQG17nn0XbWcBwWvEDG4WIczTUWINtjsNwdlTRPxZos2Fo/j/gqTt8X/Vt+m/CSlVNDf1JpcNrYrBwjqGjQZrslAG1pGnN0FrgWX1DxBNFYPjqWaahzWzsvys+Mh466sPRcrpMWO8TfpvwlC+HEzvC36b8JRJLiy880aCDiqJwJIabb7xnlraYMPzXXW3imAC7Mp9Hs09blY80OIH9APpvwl9MoK7nB/rfhrWT/ABExReYhj8k/hYJHDXwxgtB6XlkAAHXKHH+q/cM4YfM9ktRla1nwcLfZaLg6ndxuL+u9yAVVRQ4g3aH/AFR9muoT4mNoj9KPs1nZu2mx2TRaf2jxhuHzgfqn/wDSVy/2cRgxOH/l04/+NAFU4pTVs7CyWB72ndomDbjpfsypKenqo3l8FM+IEMGXtw4DIxrBa8d9mjmq28k6Yr5as78d4ckilNTSmzjfMz4rr6HfS9tCCCCNDyI4sNx4w+FxdTkDVha58N72OU6lt97NL7WtYaKZ8uIneJ30rfs1xTUda72oCf4o+zWWldq0yrinRe/ldCfbMLv3JWf0eWk+4FWNPj8O7Y5HfuMLisW3C6sbU5+lH2a6I4MQbtCfpR9mtKb7+xMUb1uIyu9inIGmsj2N+pmY/OAuKrw6pm9ucMHyI2D63Pvm18gOoKyjZMUH6P8A1R9mv0z4tyjH0o+yWsuzJj3RfScGQv8AhS+TS3je5wt0yk5QPIABVVVw46mFoW5owczY82Qsf8qN1ja+t2kEG65TUYv+rH0v4SjfJix3ib9N+Eo6fQtP1Lmk4r7OzXuF72tIx0TufMBzDoN81td12O42iOnh90kbre5riT7gVjZaHEnbwN+m/CUYw3EhtTs+n/BROQpGlqcbqKg5YInOB+MbxM5fGeM506M1+UF2YRwr4hNUOzvHstAtGze+Vtzqbm7iS48zyWYiZizdoWD+N+CpxUYz+qZ9N+CqSu6LTjDg9swzsFntsRqW6tN22cNWuB2cNQq/CK6nYAysdLBONDNfKH9HOI8Lj1cRfS5IuojNjB3iZb++/BUNTQVcvwtK4+lU3/7plznDJ2rTNJ0q2NpDhkcgua2SRm5GeMC17btANr810VtZR0UWQzQwNvbVwzEkA2t7TnEW8yvL/wAjbEkUczSdTlqmN/pTqWk4QEbs7aObN17xGT8/YLEouSqTfsFS3L3GZpMXaIYRJFSghzpHeB8ttQAzdjAbHXUlo0tvZ4bxFLRAQ1ud7B7NQBmNtLB7QL9dR5KvpmVbBZsEwH9/H9gvmpp6iQWfBUH+PF9inhwSpJ+wtvlllxrjJnjgpqKYh1Q7P2sbrFsUZBcb20JcWNtpoXdF+Q4jiVKLPDKpvUns5PnAIN/QWv7lQ4fgboXmSOmqGuPPtovsVavdVH9FUfTRfYqxjFLdO/oyfQtI+OqY+GoZLAba52FzdRr42ggjl18go5K7CpHXD6S5scwLcwvtoNRexVFPQTP9qnnP8eL7FVlRwwX70kx9Z4vsFzelvs37f0aTS/s2tWcJgH52WnFrXzSXBvtoSenLoquXipjh2OF0+ck5e1c0xQtHyvEA6Q72FvfZZqn4ULNW0co9J4vu6tKelrI9I6eRvrUMP1dgFvw0/NbH0+5seEsC7s0ve4ySyHNLId3OsNdNthotBNO1gu4gALzgVGJD9E/6dg//AAK4cSq6q7BUxTCIuGcidhFr7ECFpsdjquuaiuODONvk9Np8TjecoOtr2IIuOovuF81+Kxw+0dTs0auPkANSshjNUDPSx0zmlzY3us3lE4MDTcbAlosP2fJc1PXVkLi40Iked5O38tQB2fhbfksx1nKCkohwp02X156p5zh8MItpcB79+mrRp5HVOG8dZnmpnyh5ikLA42BIFjr5i+U+bSqocSV3/h/+v+GuSoxCaQkvwmJxO5Mw63/V/wDdc4T1cm5I04xqkz0VkzTsQVJdeYB897sw90Z/Yq3NH+HJl+pXOCVOIhzQYm5LjMJJbuAuLkObGNhmNiNTbUbj0RnfRnNxrqbZF+XRbMnw6IFfHdwp0QEPdwndwpkQEQgCrsVwSKoGWRjXC99RfXqrZEBXYfhEcLckbQ0dALLr7AKZEBD3cJ3cKZEBD3cJ3cKZEBD2ATu4UyICHu4TsApkQEPdwndwpkQEPdwnYBTIgIewCd3CmRAQ93Cd3CmRAQ9gE7AKZEBD2ATu4UyICHu4Tu4UyICHu4TsApkQEPdwndwpkQEPYBO7hTIgIe7hO7hTIgIewCdgFMiAh7AJ2AUyICHu4Tu4UyICHu4TsApkQEPYBO7hTIgIe7hO7hTIgIe7hO7hTIgIe7hOwCmRAQ93Cd3CmRAQ93Cd3CmRAQ93C5qzDWSAtcAQdwu9EBTYXw9BASY42tJ3ICszThTIgIO7BO7BTogIO7hfbYgFIiAWREQH/9k=
Decidam pelas coisas de Deus, deixe as coisas no mundo rapidamente, tudo está nas proximidades da Minha segunda vinda.
• Amados filhos, tudo é silencioso, mas o vulcão do terror está prestes a explodir! Há aqueles que falam de guerra e aqueles que falam de paz, mas na verdade Eu lhes digo que esta abençoada paz é apenas uma farsa, a paz havereis somente em Mim.
• Partilhem os seus bens, ouçam a Minha Palavra e não se desviem dos Meus caminhos.
• Eu Sou quem Eu Sou! Eu Sou o Pai, e o Filho está em Mim na unidade do Espírito Santo.
• Maria, a doce Virgem, é Aquela que abraça a Santíssima Trindade.
Colocai em vós um coração puro e começai agora a missão, Eu vos darei de Mim e vos hospedarei na Minha Alma, sejais os verdadeiros soldados em Cristo, colocai-vos fortes na batalha.
Mostrai a Mim fidelidade e amor, saiam de suas iniquidades, sejam compostos, sejam imitação de Jesus e de Maria, sejam luz para o povo para que, vendo a vós, eles queiram ser como vós.
Usai a Minha Misericórdia e chame-Me de Pai, não pequeis mais Meus filhos, a hora troveja na vossa ressurreição em Mim, não percam a boa colheita, aquela da vida eterna em Mim.
-Haveis atravessado perigos e armadilhas da parte do inimigo, mesmo vossos irmãos vos enganaram, vos colocaram em condições de estupidez, enquanto vós viveis o amor por Mim.
-Haveis lutado com um amor verdadeiro, prontos para defender Jesus, a Sua missão sobre a Terra.
- Vós tendes doados em Totus tuus, despiram-se das vaidades deste mundo, cobrindo-se com as belezas infinitas do Céu.
Avançai fortes como leões, não tenhais medo de nada, a vossa vida está mudando, se catapultarão as situações: aqueles que vos vêem estranhos os verão em uma situação de infinita beleza porque o Espírito Santo vos iluminará de Mim, da Minha própria Luz sereis irradiados e na missão sereis os novos apóstolos, aqueles que tomarão posse das almas perdidas para trazê-los de volta ao Amor de Deus, o Deus Criador. Através do Amor estas almas brilharão novas porque terão o dom da conversão.
A toupeira está à espreita! Ele quer destruir todos os santuários, colocar silêncio sobre os videntes fechando-lhes as portas da Igreja excomungando-os.
O deus dinheiro em breve será abolido, a pena será difícil para os homens.
A Itália está prestes a ser apanhada de surpresa, o mal está para invadir a Itália.
A crucificação será dolorosa para todos aqueles que Me traíram, Eu, na Minha Pessoa do Único e Verdadeiro Deus, declaro que definitivamente fecho o tempo!
Hoje foi concedida uma graça: a Eucaristia ainda não será tirada, mas tudo estará na ditadura do adversário.
Colocai-vos em Mim, e caminhais somente para Mim, abraçai-vos a Maria porque só Ela poderá torná-los fortes e puros para não serem atingidos pelo adversário.
Deus está aí! Deus existe! Ele É!
Aqueles que juraram lealdade a Mim não serão afetados, e na fidelidade Me seguirão.
A Pascoa renderá todo o possível para o Seus eleitos.
Avante oh Meu Povo, o dano será menor porque Maria Me pedirá, como Abraão, para salvar o Meu Povo.
O Sudário será retirado dos corpos dos mártires, e Eu farei justiça!
Amém!
Fonte: http://www.colledelbuonpastore.it/anno-2018/giugno-2018/2898-il-dio-denaro-verra-presto-abolito-la-sanzione-sara-dura-per-gli-uomini.html