Papa Francisco, Falso Profeta?

É difícil encontrar quem não goste do Papa Francisco. Ele é bonachão, gente boa, humilde, amigo dos pobres, não gosta de riquezas e opulências, não implica com os homossexuais e nem com os abortistas. Dizem até que ele vai andar de fusca, e como se pode ver na foto acima, gosta de coisas simples. Maravilha, não é mesmo?

E se eu lhe disser que o Papa Francisco veio para destruir a igreja católica e blasfemar contra Cristo, você acreditaria? É verdade, e é como católico que eu lhe digo isso.

Francisco é o representante da maçonaria infiltrada na igreja, que finalmente conseguiu eleger o seu papa. É duro dizer, mas o demônio chegou ao papado. Ele é a besta do Apocalipse 13-11 ”que se veste como um cordeiro (símbolo de Cristo), mas fala como um dragão” (blasfema contra Deus).

Você lembra o que Paulo VI disse? “A fumaça de satanás de infiltrou na igreja”. E agora chegou ao seu vértice.

João Paulo I foi assassinado com apenas trinta dias de pontificado, lembra? Tentaram matar João Paulo II logo no início de seu pontificado com um tiro à queima roupa, lembra? E Bento XVI, coitado, foi tão perseguido que acabou tendo que renunciar, como se fosse um incompetente. Escândalos e mais escândalos estouraram em seu pontificado. Até seus documentos pessoais foram roubados, para poder chantageá-lo.

E agora com Francisco não existem mais escândalos sexuais nem financeiros. A mídia, controlada pela maçonaria o está endeusando, fazendo dele um ídolo, um líder inovador, um mito. Reis, rainhas e governantes têm vindo beijar o seu anel, em reverência a “sua santidade”. Que mudança brusca, não é mesmo?

Mas o que deseja Francisco? É simples: a luta entre Deus e o diabo continua. Como o diabo sabe que nada pode contra Deus, passar um tempinho sentado na cadeira de Pedro já está bom, pois de lá ele pode “abrir a boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar o seu nome, o seu tabernáculo e os habitantes do céu” (Apoc. 13-6).

Outra missão de Francisco é facilitar o surgimento do anticristo, pois ele trabalha segundo as ordens deste, pois está sob sua vigilância, como vemos em Apocalipse 13-12. Foi primeiro preciso “ferir o pastor” (Zacarias 13,7), ou seja tirar Bento XVI, para que as ovelhas fossem dispersas (os fies). A partir de agora haverá uma grande confusão e divisão dentro da igreja católica e no mundo todo, e no meio desta confusão surge o anticristo apoiado por Francisco, que aliás já declarou que o microchip (marca da besta) é benéfico para a humanidade, não existindo na Bíblia nada que impeça o seu uso (será que Francisco já leu o Apocalipse alguma vez?)

Outra missão suja de Francisco: promover o aborto e o homossexualismo no mundo. Estes dois pecados são abominações e dão poder à satanás. É por isso que tem dinheiro à vontade para promover parada gay no mundo todo e para praticar o aborto. No Brasil o próprio governo paga o médico para a mulher que queira abortar. Recentemente Francisco afirmou que os católicos são “obcecados” com o aborto e o homossexualismo. Sublimarmente ele disse: “esqueçam aborto e homossexualismo”. Aliás, quando esteve no Brasil Francisco não fez nada para evitar o aborto, cuja lei já estava pronta, e que agora foi assinada por Dilma.

Francisco está usando mensagens sublimares, para blasfemar contra a igreja, para ser mais claro, para avacalhar mesmo com ela.

Quando perguntado pela repórter o que achava do lobby gay dentro do vaticano, Francisco respondeu: “ser gay não tem problema”. E deu uma grande pausa. E depois continuou: “o problema é o lobby gay”.

A mensagem sublimarmente passada: o homossexualismo está liberado. Resultado: explosão do homossexualismo no mundo, tendo sido Francisco eleito o “homem do ano”, pela maior revista gay dos estados unidos. Eu já vi, na missa, vários casais gays se acariciando como se fosse a coisa mais normal do mundo. E ninguém pode falar nada, pois Francisco liberou, mesmo que sublimarmente.

Mas o pior de tudo é que Francisco está atentando contra o sacrifício de Cristo na Cruz. A blasfêmia maior de todas é a de negar o culto devido só a Deus para dá-lo às criaturas e ao próprio satanás.

Cristo derramou seu sangue na cruz para nos salvar. Foi para pagar o pecado de Adão e nos reconduzir ao Pai que Cristo se sacrificou por nós.

Agora, Francisco está anulando o sacrifício de Cristo. Recentemente ele disse: “não é preciso converter ninguém. Ajude o pobre e vá embora”.

Esta afirmação pode parecer bonita e caridosa, porém, ela elimina o sacrifício de Cristo.

Ajudar o pobre, o menor abandonado, o doente, a viúva desamparada e todos aqueles que precisam, é uma conseqüência do amor à Deus. Se amo à Deus, também amo ao meu próximo, e consequentemente o ajudo naquilo que ele precisa. Enquanto esteve na terra, Cristo ajudou intensamente os necessitados. Ajudar ao próximo é uma excelente atitude, que vai ajudar no nosso julgamento diante do Pai, pois “seremos julgados pelas nossas obras” (Rom 2-6).

Mas veja bem, o que salva não é a caridade. Jesus quando enviou os doze apóstolos disse: “Ide ao mundo e pregai o evangelho à toda criatura da terra. Aquele que crer e for batizado, será salvo, mas quem não crer será condenado” (Marcos 16-16).

Cuidado, você pode passar a vida toda fazendo caridade e ir para o inferno.

E é isso que o papa Francisco quer, lhe levar para o inferno. Ele quer tirar Cristo do centro e colocar os pobres, mas pobre não salva ninguém, quem salva é Cristo.

Outra armação pesada de Francisco: “todas as religiões levam a Deus”. Parece bonito não é mesmo? Assim sendo, você pode ir na macumba, que lá você irá encontrar a Deus também.

Mas pense nisto: só Cristo morreu na cruz, logo, o caminho para o céu, é somente através dele. Você já viu algum Buda crucificado? Maomé foi pra cruz? E Alan Kardec, passou por lá? Veja o que disse o próprio Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida;ninguém vem ao Pai senão por mim (João 14,6).

Repetindo o que disse Jesus:” Ninguém vem ao pai senão por mim”.

Cuidado: quando Francisco anunciar a criação da igreja ecumênica mundial, unindo todas as religiões, não caia na lábia dele. O que ele quer é lhe afastar de Cristo e levá-lo à Satanás.

Aqui novamente Francisco está querendo lhe levar para o inferno. Siga um caminho diferente ao de Cristo e você vai ver onde vai parar.

Aliás, recentemente Francisco disse que o inferno não existe mais. O que ele quer, é que você não creia mais na existência do inferno, para lhe mandar para lá.

“Roma perderá a fé, e converter-se-á na sede do anticristo". Sabe quem disse isto? Parece coisa de fanático, não é mesmo? Mas esta afirmação é de Maria, mãe de Jesus e nossa, em La salette, França em 1846, aparição reconhecida pela igreja. Veja a mensagem completa (http://www.rainhamaria.com.br/Pagina/366/Os-Segredos-de-La-Salette), você vai se surpreender.

Na verdade, a partir de La Salette, Maria antecipou o que iria acontecer no mundo. Em Fátima, Portugal, em 1917, Maria disse que o demônio se infiltraria até o vértice na igreja, além de ter previsto o fim da primeira guerra, a expansão do comunismo e o início da segunda guerra. Acredita-se que o fato do demônio ter chegado ao papado, faça parte do terceiro segredo de Fátima, que na verdade não foi divulgado.

Em Akita, Japão em 1973 Nossa Senhora disse: "O Diabo se infiltrará até mesmo na Igreja de tal um modo que haverá cardeais contra cardeais, e bispos contra bispos. Serão desprezados os padres que me veneram e terão opositores em todos os lugares. Haverá vandalismo nas Igrejas e altares. A Igreja estará cercada de asseclas do demônio que conduzirá muitos padres a lhe consagrar a alma e abandonar o serviço do Senhor".

Eu já vi dois padres, em uma emissora católica, em rede nacional, incentivar o casamento civil gay, e ainda citam as encíclicas do papa Francisco para justificar tal abominação. O que os padres não dizem, é que os afeminados vão para o inferno, pois “não vos enganeis: nem os impuros, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os devassos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os difamadores, nem os assaltantes hão de possuir o Reino de Deus” (1Cor 6, 9-10), e também Apoc 21.8: Os tíbios, os infiéis, os depravados, os homicidas, os impuros, os maléficos, os idólatras e todos os mentirosos terão como quinhão o tanque ardente de fogo e enxofre, a segunda morte. Se você ler as mensagens marianas como La Salette, Akita, Fátima, Lourdes e outras, vai se surpreender com o que Maria tem dito. O problema é que Deus e sua mãe foram esquecidos por esta geração.

Assim sendo, o aviso foi dado. Muita coisa ainda vai acontecer daqui para frente. Fique atento pois Cristo realmente está voltando para instalar seu definitivo reino de amor. Não fique de fora.

Movimento de Resistência Católica Viva Bento XVI

Obs: Leia as postagens anteriores clicando em "Postagens Mais Antigas", no final do Blog ou "LEIA ARTIGOS ANTERIORES" e escolha o mês, abaixo.

sexta-feira, 27 de março de 2020

O QUE VAI ACONTECER COM ESTA CIVILIZAÇÃO?


Esta civilização, muito em breve, vai acabar pelo fogo, como diz São Pedro em II Pedro 3.
Na verdade é a purificação da terra e de seus habitantes, para que seja instalado o novo paraíso, que será regido por Cristo. Voltaremos a ver Deus face a face nesta terra, como Adão via. Será uma vida de sonho sem fim. Não haverá mais morte, doença, demônio, inveja e tudo o que não presta. Antes de acabarmos de pedir, já teremos sido atendidos por Deus. Veja como será esta nova civilização em Isaias 65, 17-23 e Apoc. 21 e 22. Também conhecida como novos céus e novas terras.
Para entrar neste novo paraíso, teremos que passar pela grande tribulação, descrita em Mateus 24. O pânico será instalado na terra para que possa se manifestar o anticristo, dando uma solução aparente para tudo, e ser considerado “o cara”, e então começar seu reinado de 3 anos e meio de pavor. Além das pestes virão a quebra financeira dos bancos, das bolsas e dos governos. Muita gente morrendo de fome. Em seguida virá a terceira guerra com ogivas nucleares de China, Eua, Rússia e Israel, passando por nossas cabeças e fazendo desaparecer cidades inteiras. Apesar do caos e de milhões de mortos, o anticristo dá um jeito e implanta o seu reinado, onde só compra e vende que for marcado com o seu chip. Deus intervém com dois cometas, o primeiro cai e mar e desaparece com várias cidade, e o segundo passa tão perto da terra que a tira do eixo, provocando os famosos 03 dias de trevas. Depois disso Cristo volta, julga os vivos e os mortos, prende o demônio no inferno e dá início à nova civilização do amor, com apenas 1/3 dos purificados. A segunda besta do Apoc. 13, o falso profeta, o papa Francisco, já está agindo, destruindo a igreja católica e preparando a religião mundial do anticristo, cuja sede está sendo construída nos emirados árabes, a peso de um bilhão de dólares.
Deus intervem também com o aviso de Garabandal, um fenômeno cósmico de grandes proporções, onde cada um vai ver o estado em que sua alma se encontra. Última chance divina.
Só nos resta orar muito para estarmos entre os 1/3 que entrará na nova criação.

quinta-feira, 26 de março de 2020

IMPORTANTE MENSAGEM DE SÃO MIGUEL ARCANJO 
24 DE MARÇO DE 2020
https://encrypted-tbn0.gstatic.com/images?q=tbn:ANd9GcQlYb3gH8krPrnGPP_y889CFB3dV_Xu0RjXQXHf-6GO_BvcCmW7
Amado Povo de Deus:
Como enviado da Santíssima Trindade e de Nossa Rainha do Céu e da Terra, devo mencionar a vocês que, acima de tudo, a obediência é a que leva ao caminho certo. (Cfr. Jn 14:23).
É necessário humildade e o desejo do bem para nossos irmãos para que, como criaturas emanadoras do bem, o Amor Divino se espalhe em cada filho de Deus que neste momento está precisando de orações e bênçãos.
A humanidade foi levada aos momentos que já haviam sido anunciados e isso deve levá-los a refletir, meditar e parar no caminho em total seriedade, responsabilidade e tomar a decisão da salvação da alma.
O que vivem é grave, embora não seja um vírus como outros que chegarão com maior força, é um vírus muito bem pensado para infectar o maior número de criaturas humanas. Portanto, devem ser precavidos e tomar as medidas necessárias.
A humanidade recebeu remédios naturais que os ajudam a controlar essas doenças, mas logo esquecem o que o Céu lhes dá.
FILHOS DE DEUS, CORPO MÍSTICO DE CRISTO, REI E SENHOR, DEVEM CLAMAR POR DECISÃO PESSOAL E COMUNITÁRIA, POIS, DIANTE DA ORAÇÃO, TUDO É REMOVIDO E SUPERADO, MAS A ORAÇÃO TEM QUE TER O CONDIMENTO DE FÉ. SEM FÉ, NADA É POSSÍVEL.
A força da Maçonaria no mundo está se fazendo sentir e unida com os poderosos da Terra, estão planejando continuar a eliminar o maior número possível da população mundial, a fim de que o Anticristo encontre o caminho mais plano.
Outro meio de pressão que a Maçonaria exercerá na Terra é a escassez de alimentos e, diante disso, o homem se descontrola e tira de si seu instinto mais selvagem. A estratégia maçônica foi planejada para dominar a humanidade através do medo.
Povo de Deus, essa peste é altamente contagiosa, então não devem se expor, mas essa lição tem que ser VISTA POR TODOS COM OS OLHOS DA FÉ, para que olhem para o poder dessa elite que vai impor um governo único, uma religião única, uma moeda única, uma educação única e o extermínio de três quartos da população mundial, para que o anticristo seja recebido 
Um cristão fraco em sua fé, fraco em suas crenças, fraco em suas iniciativas, um cristão escravizado a uma falsa religiosidade dominical; é o que na maioria das vezes é o povo de Deus. O SACRIFÍCIO EUCARÍSTICO foi suprimido e este é um sinal claro do domínio maçônico sobre a Igreja de Nosso Rei e Senhor Jesus Cristo, deram o pão e recebem pedras.
Precisam clamar, orar a tempo e fora de tempo (cf. 1 Ts 5,16-18; Ef 6,18; Dan 6,18), com fé, para que as orações sejam ouvidas e a peste cesse, precisam fazer comunhão espiritual com fé, respeito e amor. Precisam combater o mal com o poder de Deus sobre Seu Povo!
A Maçonaria está sobre a humanidade, neste tempo em que vivem, o tempo de dominação, de ebulição, de um tempo de contradição, de vandalismo, de vingança, devem amparar-se na Santíssima Trindade e em Nossa Rainha e Mãe do Céu e da Terra, e em nós seus Guardiões.
Corrijam o caminho!
Não resistam à conversão! (Cf. Mk 1:14). Não esperem pelo Anticristo como um personagem de salvação, porque ele lhes oferecerá até a vida eterna e muitos correrão em sua direção e se perderão.
Lhes anuncio para que não sejam pegos desprevenidos. O Amor Divino é infinito e incomparável, mas precisam se definir, precisam estar no Caminho Divino e não no caminho do mundo. Precisam ser obedientes aos apelos divinos para dobrar os maus costumes com os quais caminharam e por isso não se encontram no caminho da Santidade.
A humanidade luta com seus próprios erros, com suas más decisões, com sua própria devassidão e o resultado é catastrófico.
TUDO FOI ADIANTADO, A PROXIMIDADE DO ENCONTRO DO HOMEM COM OS PRINCIPAIS EVENTOS É AGORA! É POR ISSO QUE EU OS CHAMO A FÉ, A FÉ IMOVÍVEL, AO ARREPENDIMENTO, A SEREM VALENTES COMO FILHOS DE DEUS, A SE PREVENIREM, MAS NÃO PERDEREM O SENTIDO, TÊM QUE MANTER A FÉ ARDENTEMENTE, DE OUTRA FORMA, AS TEMPESTADES OS ROLARÃO.
Vivam em pleno meio dia, onde no auge o Sol Divino brilha e ilumina a todos, aquece a todos, onde as trevas não existem, há apenas Luz e a Rainha e Mãe do Céu e da Terra, é coroada por cada um dos vós, Seus filhos, que cumprem a Vontade Divina. SEM ESQUECER QUE "A MULHER VESTIDA DE SOL COM A LUA SOB OS SEUS PÉS" (Cfr. Rev. 12.1), É A MÃE DA HUMANIDADE.
MANTENHAM CRISTO O REI MAIS PERTO DE VOCÊS, SEM ESQUECER QUE A COMUNHÃO É PROLONGADA E EM VOCÊS SE PROLONGA EM CADA TRABALHO E EM CADA ATO.
Em união com a Vontade Divina.
QUEM É COMO DEUS?
NINGUÉM COMO DEUS!
SÃO MIGUEL ARCAJO
AVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA
AVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA
AVE MARIA PURÍSSIMA, SEM PECADO CONCEBIDA
Fonte:https://www.revelacionesmarianas.com/index.htm

sexta-feira, 6 de março de 2020

ESTUDO APONTA QUE O CORONAVÍRUS MATARÁ PELO MENOS 15 MILHÕES DE PESSOAS

Paul Joseph Watson
PrisonPlanet.com
6 Mar, 2020
null
Um novo estudo da Universidade Nacional Australiana conclui que, no "melhor cenário", o coronavírus vai reivindicar 15 milhões de vidas em todo o mundo e economizar US $ 2,4 trilhões no PIB global.
O artigo examinou sete modelos diferentes de como o COVID-19 poderia se espalhar para fora da China, variando de baixa a alta severidade.
"Mas mesmo no modelo de baixa gravidade - ou no melhor dos sete casos, que o jornal reconheceu não ser definitivo - os pesquisadores da ANU estimam uma perda global de US $ 2,4 trilhões no PIB, com um número estimado de mortes de 15 milhões", relata o Yahoo Notícia.
Os resultados foram modelados na pandemia de gripe de 1968-1969 em Hong Kong, que matou 1 milhão de pessoas.
No pior cenário, baseado na pandemia de gripe espanhola, que matou até 50 milhões de pessoas de 1918 a 1920, o coronavírus mataria mais de 68 milhões de pessoas e cortaria US $ 9 trilhões em relação ao PIB global.
Com previsões terríveis como essa, não surpreende que a demanda por alimentos armazenáveis ​​de longo prazo e até mesmo bunkers no estilo apocalíptico esteja fora de cogitação. “Mesmo no melhor cenário de impacto de baixa gravidade, as consequências econômicas serão enorme e os países precisam trabalhar juntos para limitar o dano potencial o máximo possível ”, disse o professor Warwick McKibbin, um dos autores do artigo.
Globalmente, houve mais de 90.000 casos confirmados de coronavírus e mais de 3.000 pessoas morreram.

sábado, 25 de janeiro de 2020

NOSSA SENHORA CONCLAMA À SUBIRMOS COM ELA O MONTE CALVÁRIO


https://2.bp.blogspot.com/-CVwE9DRshRc/UhvWFLFLREI/AAAAAAAANjg/FnWIq7R3zGs/s1600/250055_305649859565271_1154628711_n.jpg

Amados filhos: subam Comigo ao Monte Calvário, Jesus sangra em Sua Santa Paixão, porque alguns pastores saíram da verdade do Evangelho, arrastando tantas almas para o erro.
Subam Comigo ao Monte Calvário, Jesus sangra em Sua Sagrada Paixão, porque Ele está em uma solidão sepulcral na maioria dos Tabernáculos do mundo.
Subam Comigo ao Monte Calvário, Jesus sangra em Sua Sagrada Paixão, porque a fumaça negra de satanás penetrou na Igreja.
Igreja que alcançará a escuridão mais densa, ao maior desânimo e perplexidade porque o plano de Satanás é destruí-la, dividi-la, é por isso que ele é o principal autor da Maçonaria eclesiástica, seita secreta que levará à apostasia, seita secreta que mina o que é pecado; pecado que é justificado, aceito como uma atitude normal da psicologia humana; seita secreta que levará ao falso ecumenismo, para argumentar que todas as confissões religiosas possuem alguma verdade.
Seita secreta que visa unificar todas as confissões em uma igreja ecumênica universal. Seita secreta que argumentará que a Palavra de Deus é embelezada, adornada com uma linguagem literária, linguagem simbólica; Artimaña, esta, de satanás, que levará a interpretações racionalistas e filosóficas dos textos sagrados. Seita secreta que atacará o Sacramento da Eucaristia. Eucaristia que será tomada como um mero símbolo, negando a presença real de Jesus na Santa Hóstia. Seita secreta que levará a rejeitar o Papa e o Magistério da Igreja. Seita secreta que levará a maioria dos homens a seguir o falso Cristo e a falsa igreja.
Seita secreta que favorecerá o modernismo, modernismo que abrirá o caminho para a profanação do Corpo Místico de Cristo e degradará o sagrado. Seita secreta que se envolverá em uma perseguição sangrenta contra o resto fiel da Igreja. Igreja que será protegida e oculta no meu Imaculado Coração através da consagração; consagração que o levará à conversão, consagração que o levará a uma vida de santidade e fidelidade à Igreja; consagração que fará de você soldados do meu exército vitorioso. Exército que lutará neste final dos tempos e permanecerá fiel aos princípios doutrinários.
Subam Comigo ao Monte Calvário, Jesus sangra em Sua Sagrada Paixão, porque este é o momento dos últimos avisos e eles não são ouvidos, não são cridos.
Despertai humanidade inteira, não andeis mais atrás das pegadas fedorentas de satanás; derrote-o com a Eucaristia e o Santo Rosário. Legiões de demônios foram libertadas do inferno para tentar.
Filhos amados: Jesus morreu na cruz, deu a vida por todos vocês; Jesus sofreu vexame, humilhação. Jesus se ofereceu como vítima divina para toda a humanidade e o que você tem a oferecer a Ele, o que você tem para dar-Lhe?  O mínimo que você pode fazer é oferecer sua vida, dar todo o seu ser para que Ele disponha de você.
Comece hoje o caminho da sua conversão, conversão que o leva a uma mudança radical, a retornar a Deus, a perdoar de coração, porque: Como pedir perdão ao Senhor se houver ressentimento dentro de você? Como pretender chegar ao céu se você não conhece as Escrituras Sagradas, se você não faz da vida a Palavra de Deus?
Ande pelo caminho da cruz, ande pela rua da amargura, venha para a provação do Mártir do Gólgota e prostrar-se diante dEle, porque é muito o Seu sofrimento.
Seja como a Mãe dolorosa e como o apóstolo João que permaneceu no pé da cruz, porque há muitas razões pelas quais você deve reparar, existem muitas ofensas recebidas pelo agonizante Coração de Jesus, o cálice transborda, excedeu seu limite.
Aproxime-se do tribunal da misericórdia, confesse seus defeitos, conserte seus pecados, e faça penitência. Junte-se à oração com a mortificação. Construa dois altares, como quando Salomão construiu o templo: um altar em seu coração que você vai perfumar com o incenso da oração e outro altar em seu corpo que você vai acender com a mirra da mortificação.
Eu te amo e te abençoo.
Amém.
Fonte:https://www.corazonessagrados.com/wp-content/uploads/2015/10/Maria-Maestra-De-Los-Apostoles-De-Los-Ultimos-Tiempos.pdf - Via:https://religionlavozlibre.blogspot.com/2020/01/la-virgen-describe-lo-que-pasa-en-la.html?
O Segredo de Bento XVI.  Ele Ainda é Papa?


https://fromrome.files.wordpress.com/2020/01/socci-the-secret-of-benedict-xvi-324x501-1-1.jpg

Por Antonio Socci
"A escuridão total ocorre quando todos fecham os olhos."
Antonio Socci abre sua investigação sobre o mistério do Papa Bento XVI observando um paradoxo: "A crise atual tem uma causa que é buscada em todos os lugares possíveis, enquanto o tempo todo ela está sentada bem na frente dos olhos de todos, à vista de todos." A causa que ninguém quer olhar, diz Socci, é "uma crise da perda de fé, do modernismo e da apostasia que se espalhou até mesmo para a liderança da Igreja". Se estamos dispostos a olhar para o que está bem na nossa frente, diz Socci, e analisar meticulosamente os fatos e conectá-los – não como poderíamos desejar que eles sejam, mas como eles são, uma Igreja que "fechou os olhos" começará a ver uma saída da crise que a engole.  Socci, um jornalista italiano veterano que já se aprofundou no mistério por trás da história dos segredos de Fátima com O Quarto Segredo de Fátima e o subterfúgio em torno do conclave de 2013 com Non è Francesco, novamente entrega uma investigação altamente detalhada de um tema de extremo interesse para a Igreja em meio à atual crise sem precedentes, convidando seus leitores para uma reflexão mais espiritual sobre "os sinais dos tempos".
O mais óbvio "sinal", e o foco central da investigação do livro, é o fato da presença duradoura do Papa Emérito Bento XVI no coração do Vaticano e da Igreja. Desde sua renúncia, em 28 de fevereiro de 2013, "Joseph Ratzinger permaneceu no 'recinto de Pedro' [o Vaticano], ainda assina seu nome Bento XVI, ainda se autodenomina 'papa emérito', ainda usa a insígnia heráldica papal e continua a se vestir como papa" (p. 62 ). Em contraste com os antigos papas que renunciaram, Bento não optou por deixar o Vaticano ou voltar ao estado de um cardeal ou bispo. Em vez disso, ele fez algo inesperado (acima e além do ato extraordinariamente inesperado de renúncia), renunciando sem renunciar totalmente, o que Socci chama de renúncia "relativa": "É evidente que, embora ele tenha feito uma relativa renúncia do papado (mas de que tipo?), ele pretende permanecer como papa, embora de forma enigmática e de uma forma sem precedentes, o que não foi explicado – pelo menos ainda não" (p. 61).
A afirmação dos fatos acima gerará inúmeras reações no atual clima eclesiástico, que entrou claramente em uma nova fase de volatilidade desde o anúncio no domingo, 12 de janeiro de 2020, da publicação de um novo livro em co-autoria do Papa Bento XVI e do cardeal Robert Sarah defendendo a sabedoria da tradição da Igreja de celibato sacerdotal. Alguns observadores estão convencidos de que Bento deve permanecer calado, enquanto outros expressam frustração por Bento não ter decidido dizer mais sobre a apostasia e a confusão que a revolução bergogliana promove e incentiva de várias maneiras. Mas Socci se afasta da cacofonia e convida seus leitores a refletir e contemplar: há algo sem precedentes e misterioso na Igreja em que o Espírito Santo está trabalhando, algo que ninguém ainda entende completamente e que exige silêncio , intercessão e oração como uma resposta mais eficaz à batalha em curso na Igreja e no mundo, em vez de levantar vozes e julgamento crítico. O primeiro que dá o exemplo de uma resposta tão orante é o próprio Bento XVI, que livremente escolheu (talvez orientado a fazê-lo, pergunta-se Socci, pelo próprio Deus?) Responder à crise, oferecendo-se em oração intercessora pela Igreja e para o mundo.
A Origem do Drama
Na primeira parte do Segredo de Bento XVI, "A Origem Mística, Econômica e Política do Drama", Socci documenta meticulosamente os fatos da situação atual na Igreja, na qual observa que, desde 2005, houve de fato dois partidos lutando pelo controle, aqueles que favorecem Ratzinger e aqueles que favorecem Bergoglio. Esses dois partidos podem ser amplamente definidos como aqueles que favorecem uma revolução na Igreja (o partido de Bergoglio) e aqueles que se opõem a tal revolução, pedindo fidelidade à Tradição da Igreja (o partido de Ratzinger). Longe de ser limitado a uma luta intra-Igreja, Socci observa que há um movimento de "globalização neocapitalista que é ideologicamente anti-católico" buscando dominar o mundo inteiro, e que é esse movimento ideológico anti-católico que tem trabalhado ativamente para minar a Igreja de dentro, buscando e obtendo a ascensão de Jorge Bergoglio ao trono papal. Essa ideologia secularista politicamente correta, diz Socci, foi imposta ao mundo em um novo nível sob a presidência de Barack Obama/Hillary Clinton, buscando a hegemonia planetária dos Estados Unidos e da globalização financeira, e um dos maiores obstáculos para esta agenda mundial foi o pontificado de Bento XVI (p. 10). Bento, que trabalhou por décadas como Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé resistindo ao avanço do Modernismo dentro da Igreja Católica, tornou-se papa "um grande sinal de contradição em relação ao mainstream cultural, à mídia e aos desenhos de potências mundanas que visavam uma verdadeira e adequada "normalização" da Igreja Católica por meio do que eles chamavam de "abertura à modernidade", ou seja, uma protestantização, que varreria as marcas de distinção fundamentais da Igreja" (p. 12). Socci afirma que Bento estava ciente da enormidade desta luta global e eclesial desde o momento de sua eleição, e ele procurou ajudar o povo cristão a tomar conhecimento disso colocando essas palavras extraordinárias e surpreendentes no meio de sua homilia em sua entronização solene como Papa em 24 de abril de 2005: "Reze por mim, que eu não possa fugir por medo dos lobos" (p. 14).
Socci avança a tese de que esses lobos eram e são muito mais que elementos hostis dentro da Igreja, mas também incluem elementos geopolíticos que buscam a ascensão política do Islã e também a marginalização da Rússia. Bento XVI atrapalhou essas duas agendas por causa de sua vontade de desafiar o Islã a adotar um diálogo baseado na razão que o levaria a renunciar à violência (lembre-se de seu discurso de Regensburg em 2006) e também a sua abertura ecumênica à Igreja Ortodoxa Russa. Os "lobos" da globalização procuraram provocar uma revolução dentro da Igreja análoga à da "primavera árabe" no mundo muçulmano. Assim como o governo dos Estados Unidos buscou ativamente a mudança de regime em outras nações para avançar em sua agenda política, a aliança Obama / Clinton trabalhou em coordenação com o financista George Soros para procurar "mudar as prioridades da Igreja Católica". Socci também documenta outros elementos que buscou a eleição de Bergoglio como papa, que após sua eleição como Papa Francisco adotou uma agenda totalmente de acordo com a agenda secularista da globalização Obama / Nações Unidas: “ambientalismo catastrófico (com poluição e aquecimento global substituindo as noções de pecado e pecado original) ), imigração ideológica (substituindo o novo mandamento), adoção do Islã e ecumenismo pró-protestante, obscurecimento da doutrina e do ataque aos sacramentos, abandono de princípios não negociáveis ​​e abertura 'misericordiosa' a novas práticas sexuais e novas formas de união 'conjugal' ”(p. 56). Seria difícil encontrar um resumo e uma explicação mais sucintos da agenda do pontificado de Francisco do que a lista dada por Socci, completa com o contexto geopolítico.
O Mistério e O Paradoxo do "Papa Emérito"
A segunda parte de Il Segreto é chamada de "O Que Não É Compreendido: Bento é Papa Para Sempre". Socci apresenta a seção com uma citação do livro l'Anticristo do autor italiano Gianni Baget Bozzo de 2001: "A história da Igreja está cheia de estados de exceção" (p. 58), juntamente com uma citação de Santo Inácio da Carta de Antioquiano aos Efésios que Bento XVI usou em seu prefácio para o livro de 2017 do Cardeal Robert Sarah, O Poder do Silêncio: "É melhor permanecer em silêncio e ser, do que falar e não ser" (p. 59). É evidente que Socci acha que essas palavras correspondem, respectivamente, a Bento e Francisco.
Socci analisa detalhadamente as várias declarações de Bento antes de sua renúncia em fevereiro de 2013 e observa que Bento claramente "com total liberdade" pretendia que houvesse "um conclave para eleger um novo Sumo Pontífice" e, no entanto, declarasse simultaneamente: "Desejo também servir devotamente a Santa Igreja de Deus no futuro através de uma vida dedicada à oração ”(p. 68). Ele especificou ainda, em 27 de fevereiro de 2013, que seu "sim" ao aceitar sua eleição como papa era e é irrevogável: "O 'sempre' também é um 'para sempre' - não pode mais haver retorno à esfera privada. Minha decisão de renunciar ao exercício ativo do ministério não revoga isso. ”Bento também declarou:“ Eu dei esse passo com plena consciência de sua gravidade e até de sua novidade ”(p. 79). O que é essa novidade? Segundo o canonista Stefano Violi, a quem Socci cita, é "a renúncia limitada ao exercício ativo do munus" do pontífice romano (p. 82). Essa ação inteiramente nova de Bento - que faz do seu pontificado, nas controversas palavras do arcebispo Georg Gänswein, um "pontificado de exceção" - foi necessária pelo surgimento de uma situação inteiramente nova na vida da Igreja. A crise atual - sem precedentes em toda a história da Igreja - exigiu uma resposta sem precedentes. A "escolha de Bento XVI de se tornar" papa emérito "representa algo enorme e contém um" segredo "de importância colossal para a Igreja" (p. 85). Existe claramente, na análise de Socci, algo que o Papa Bento XVI retém e não diz: “um chamado verdadeiro e pessoal de Deus”, “um mistério que o papa está guardando - que não pode ser revelado, pelo menos por enquanto (p. 101). ) Socci propõe que esse "segredo de Bento XVI" seja "primorosamente espiritual", enraizado na sabedoria "segundo Deus" que o mundo atual - e também a atual Igreja - não pode entender.
Socci observa as muitas maneiras que a vida atual e testemunha de Bento está dando grandes frutos para a Igreja durante a "época bergoglian". Em primeiro lugar, são os textos ricos de seu Magistério papal, que permanecem uma luz guia para a Igreja porque estão em união com a tradição ininterrupta do magistério perene (a aparência do novo livro, From The Depths Of Our Hearts, apenas ressalta o ponto de Socci). Há também, é claro, sua oração incessante pela Igreja oferecida dentro do "recinto de Pedro". Mas Socci evita ainda que o silêncio contido de Bento tenha feito muito mais para impedir que a Revolução Bergoglian faça tudo o que gostaria do que a maioria das pessoas ainda percebe. Socci compara Bento à figura de Cristo em silêncio diante do Grande Inquisidor de Dostoievski, dizendo que "a mesma presença silenciosa... evitou as mais graves rachaduras doutrinárias" de ocorrer dentro da Igreja, porque enquanto Bento estiver vivo os revolucionários bergoglianos sabem que uma palavra de condenação do Papa Emérito poderia deslegitimar Francisco aos olhos de grande parte dos Igreja (p. 116). Bento optou por não abandonar o rebanho aos lobos, mas sim resistir aos lobos com a lógica do Evangelho, com "a fraqueza de Deus" que é "mais forte que a força humana" (1 Cor 1:25), ciente de que este é um momento histórico em que, como ele observou em Fátima i n 2010, "a maior perseguição da Igreja não vem de seus inimigos externos, mas surge do pecado dentro da Igreja" (p. 128).
A conexão com Fátima
Socci conclui seu trabalho com a Parte Três, intitulada “Fátima e o Último Papa”. Ele se baseia em seu extenso estudo anterior da mensagem de Fátima, vendo-a como uma chave para entender o momento atual da Igreja e lembrando aos leitores que a mensagem de Fátima enfatizou o forte elo entre a intercessão da Mãe de Deus e a proteção do papa. No centro da visão de Fátima, há duas pessoas: “o 'bispo vestido de branco' e um papa velho”, e Socci pondera se talvez essa visão pudesse se referir à situação atual, observando que em 21 de maio de 2017, enquanto Ao visitar Fátima, o papa Francisco chamou a si mesmo de “o bispo vestido de branco”. Socci vê em Bento uma figura semelhante ao papa na visão das crianças: “meio tremendo, com passos largos, afligido por sofrimento e dor atravessando uma grande cidade, meio em ruínas ”(P. 141). Socci realiza um exame detalhado das palavras negligenciadas dos filhos de Fátima, afirmando que a Virgem Maria lhes disse que, se a humanidade não penitenciasse nem se convertesse, "o mundo terminaria" (p. 152). A Irmã Lúcia declarou em uma entrevista em 1957 que “a Rússia será o instrumento escolhido por Deus para punir o mundo inteiro, se não obtivermos primeiro a conversão dessa nação desonrada” (p. 155). Implícito na análise e reflexão de Socci é a sensação de que o resultado da presente crise é da maior importância para o destino, não apenas de toda a Igreja, mas também de todo o mundo.
A observação final de Socci é que a "Profecia de Malachy" medieval, que propunha dar um título misterioso a cada futuro papa, termina com Bento XVI. Depois deste papa, misteriosamente, diz que se segue "a perseguição final da Santa Igreja Romana" e a figura de "Pedro, o Romano". Quando perguntado em 2016 se essa profecia poderia significar que ele é “o último a representar a figura do papa como o conhecemos até agora”, Bento respondeu misteriosamente: “Tudo é possível [Tutto puo 'essere]”. Quando perguntado se isso significaria que ele seria visto como o último papa do velho mundo ou o primeiro papa do novo mundo, Bento XVI respondeu: “Eu diria os dois. Não pertenço mais ao mundo antigo, mas o mundo novo ainda não está aqui ”(p. 166). Socci entende que esses comentários surpreendentes significam que o mundo e a Igreja estão à beira de convulsões épicas, convidando seus leitores a refletir mais sobre as várias profecias nas Escrituras sobre a destruição do Templo e nos parágrafos 675-677 do Catecismo de a Igreja Católica em relação ao julgamento final da Igreja.
Socci escreve com um estilo envolvente e dramático, convidando o leitor a entender que algo muito maior do que já foi entendido está em ação na vida da Igreja e na história humana. Ele oferece uma proposta ponderada e um convite para orar, refletir e ponderar, não com certeza ou explicações legais. Este livro, com sua análise jornalística meticulosa e reflexão espiritual, oferece esperança a uma Igreja desanimada e um convite para crer em espírito de oração que talvez mais bem esteja operando de maneira oculta do que o mal óbvio que atualmente é tão ativo tanto na Igreja quanto no mundo. o cenário global. Socci oferece seu trabalho como um presente de amor à Igreja, quebrado e maltratado, para refletir e refletir. "Não é o poder que redime", disse o Papa Bento XVI em seu discurso inaugural, "mas o amor". É esse mesmo amor que Socci diz que Bento XVI oferece diariamente à Igreja por seu testemunho sem precedentes e heróico, embora amplamente incompreendido: "Ele é o grande sentinela de Deus do nosso tempo. Foi ele quem levantou uma grande muralha de defesa para todos nós no tempo do mysterium iniquitatis ”(p. 147).
Mentiras e decepções nos meteram nessa confusão. A verdade dos fatos nos tirará
Que este livro inspire muitos a orar cada vez mais incessantemente e fervorosamente por e com nosso Santo Padre, Papa Bento XVI.
O segredo de Bento XVI: ele ainda é o papa? (Angelico Press, 2019).
https://www.amazon.com/Secret-Benedict-XVI-Still-Pope/dp/1621384586
(O título foi alterado do italiano original "Por que ele ainda é o papa")
Siga Giuseppe Pellegrino no Twitter @ pellegrino2020
Fonte:https://fromrome.info/category/book-reviews/

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

PAPA FRANCISCO VAI FALAR SOBRE EXTRATERRESTRES

DIA 20 DE FEVEREIRO O FALSO PAPA FRANCISCO VAI FALAR SOBRE OUTRAS CIVILIZAÇÕES. DEVE DIZER OU INSINUAR QUE EXISTEM EXTRATERRESTRES. É MENTIRA, VEJA O QUE DIZEM JESUS E MARIA NAS MENSAGENS DE BAY SIDE, NOS EUA.


OVNIs - meio de transporte do inferno
· Nossa Senhora - “Nesta batalha final, haverá muitos agentes do inferno soltos sobre a terra. Eles estão viajando por meio de transporte conhecido como OVNIs (objetos voadores não identificados). Não se iludam com a falsa teoria da vida além dos céus, exceto o Reino de Deus. Saibam que é satanás quem exibe estes veículos diante de vocês. Estes são para confundir e enganar vocês. Estes objetos voadores que cruzam a terra são originários do inferno. Eles são apenas os falsos milagres dos seus tempos. Identifiquem-nos, Minhas crianças; estes não são produtos da imaginação do homem. Eles estão presentes na sua atmosfera, e eles se tornarão cada vez mais numerosos à medida que a luta se acirra pelas almas.” (24 de dezembro de 1973)

Jesus - “Os OVNIs de que vocês se espantam são parte do plano de satanás. Eles são imagens falsas para provocar falatórios de que há vida em outros planetas. Não há vida, pois Eu só criei vida sobre a terra.” (10 de fevereiro de 1978)
· Nossa Senhora - “Eles estão exibindo agora os prodígios e as “maravilhas” para enganar a humanidade. Vocês chamam a um destes fenômenos de OVNIs. Estes são manifestações sobrenaturais do inferno. Eles são criados nas mentes de alguns pelos demônios, que, por causa do grande poder sobre a terra, são capazes de controlar agora os elementos, a natureza.” (1 de fevereiro de 1978)
· Jesus - “Estas teorias da vida extraterrestre, estas teorias têm sido desenvolvidas por Lúcifer, mesmo os falsos milagres dos fins dos tempos que vocês conhecem como OVNIs. Estes são para enganar e confundir o populacho. Eu repito, eles são de origem sobrenatural. Não existe vida além da terra, somente a vida dada pelo Pai Eterno como dom à humanidade, vida eterna após a morte do corpo no Reino do Céu.” (18 de junho de 1979)

Nossa Senhora - “Enquanto falamos dos agentes do inferno, Minha filha, Eu gostaria também que você se conscientizasse de que não há veículos vindos de outros planetas - veículos extraterrestres. Não, Minha filha, e Minhas crianças; eles são agentes do inferno em forma de meio de transporte. Ora, vocês perguntarão, por que eles têm de ser transportados se são espíritos? Ahh, Minhas crianças, isto vocês não vão entender. Estes não são espíritos ordinários; estes são demônios vindos do inferno; coortes do satanás, e o próprio satanás. Ele também está num destes veículos.”
· “Há uma razão por quê necessitam dos transportes. Não entrarei em detalhes agora, pois tenho certeza que isto vai confundir a mente de qualquer cientista caso Eu lhes der este conhecimento, antes que sejam preparados para isso. Eles deverão descobrir por si mesmos, Minha filha, antes que Nós os auxiliemos para terminar esta grande tristeza sobre a terra. Qualquer coisa que resulte em assassinato e morte é tristeza sobre a terra, Minha filha, assim como as grandes guerras que estão prevalecendo.” (1 de novembro de 1985).

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

PAPA FRANCISCO MUDA O NOME DA MISSA PARA "DOMINGO DA PALAVRA DE DEUS", PARA ACABAR COM A MESM








PAPA FRANCISCO SE APROXIMA DOS PROTESTANTES PARA ACABAR COM A MISSA.
Francisco recebeu o pastor luterano Michael Jonas, que trabalha em Roma, na sexta-feira. A reunião foi tranquila e cordial, disse Jonas ao Serviço de Imprensa Protestante (epd).
Francisco estava bem informado sobre as igrejas alemãs. Ele [novamente] disse que, quando jovem jesuíta, uma vez substituiu um pastor luterano em um serviço protestante durante uma estadia na Escandinávia.
Segundo Jonah, Francisco disse que católicos e luteranos estavam "muito próximos" no que fazem em suas respectivas liturgias.
No entanto, a Igreja Católica ensina que a Missa é um sacrifício e que, na consagração, pão e vinho são transformados no corpo e sangue de Cristo. Os luteranos negam esses dois princípios de fé.
en.news

 O PAPA FRANCISCO SERÁ O CHEFE DE TODAS IGREJAS.


JESUS: Minha amada filha, Eu apelo a todos os Meus seguidores para mostrarem coragem neste momento.
Este não é o momento para desânimos e choros. É o momento de lutardes pela vossa Salvação.
Apelo a todas as Igrejas Cristãs, aos Meus clérigos e a todos os que Me consagrastes as vossas vidas, ao Vosso Jesus, para ouvirdes o Meu apelo.
Nunca renuncieis à Verdade dos Meus Ensinamentos.
Nunca Me abandoneis.
Nunca abandoneis a Minha Igreja. Porque Eu Sou a Igreja.
Nunca renuncieis ao Meu Corpo, porque Eu Sou o Pão da Vida.
Nunca aceiteis as mentiras, que em breve serão implantadas no meio de vós, para substituir a Minha Igreja na terra.
É o tempo para vos preparardes.
Em breve será tolerada uma nova religião, que será produzida pelo homem.
Em breve sereis alimentados à força com algo que parecerá a Santa Eucaristia, mas não será o Meu Corpo.
Ela tornar-se-á vazia, estéril e não vos dará a verdadeira vida.
A única Santa Eucaristia que existe é aquela em que a Minha Presença é dada a conhecer no Santo Sacrifício da Missa, como é agora.
Nunca vos desvieis disto, mesmo que sejais forçados a fazê-lo pelos pagãos que assumirão as Minhas Igrejas cristãs.
Eles profanarão as Minhas Igrejas e transformá-las-ão em nada mais do que em locais de entretenimento e de eventos sociais.
Vós deveis seguir sempre os passos que Eu ensinei aos Meus Apóstolos na Última Ceia.
Agora, vós deveis garantir que tudo está no lugar antes que o ataque comece.
Muito em breve, vós achareis que é impossível seguir a falsa doutrina que vos é imposta, pela abominação que vedes pela frente.
O Falso Profeta não só assumirá a Igreja Católica, mas ordenará sobre todas as Igrejas Cristãs, as quais ele fundirá numa só.
Mas não será a Mim, Jesus Cristo, que o Novo Templo será erguido. Será um templo para substituir a Santa Sé, em honra da besta.
Prestai agora atenção às Minhas Palavras, para verdes logo a Verdade.
Aos suficientemente corajosos para resistir a esta perseguição da vossa Fé, vós deveis planear agora.
Aos que não tendes força para lutar contra o reino do Anticristo e do Falso Profeta, caí de joelhos e implorai-Me agora para vos ajudar.
Eu vos guiarei através dos Meus novos líderes, que brotarão dentre vós, chefiados pelas Minhas Duas Testemunhas.
Enoque e Elias, presentes nas Minhas Igrejas Cristãs na Terra e na Casa de Israel, influenciarão em breve a pregação dos Evangelhos em todo o mundo.
Nada parará os Ensinamentos da Verdade.
Este tempo será difícil, mas erguei-vos e segui o Meu Exército na Terra e mais almas serão salvas. Não abandoneis o rebanho que Eu vos dei para orientar.
Não temais, porque só seguindo o Meu Caminho da Vida Eterna podereis ser salvos.
Segui o caminho do Falso Profeta e não só vós estareis perdidos para Mim como levareis as almas inocentes no caminho do inferno.
Sede corajosos Meus servos sagrados.
Aceitai que o tempo para o Meu retorno está iminente. Vós não tendes tempo a perder.
O Vosso Jesus.